Planejamento como fomento na organização orçamentária: um estudo multicaso

Ederlande Passos

Resumo


Com a criação da Constituição de 1988 o planejamento tornou-se eficiente, onde são buscados organização, direção e controle.Compõe de um sistema integrado a um orçamento para que possa gerar um bom desempenho da Gestão e o alcance de seus objetivos, tendo assim um controle das despesas. O objetivo deste trabalho e evidenciar o planejamento municipal, com base na constituição de 1988 destacando a criação dos instrumentos: o Plano Plurianual (PPA), Lei Orçamentária Anual (LOA) e a Lei das Diretrizes Orçamentárias (LDO) criadas para melhorar a visibilidade e o andamento da gestão pública. Este trabalho foi constituído em um estudo bibliográfico, com aplicação de um questionário semi-estruturado e entrevista a três gestores de planejamento das cidades localizados no Recôncavo da Bahia. Constatou-se que os gestores utilizam um planejamento defasado, montado a partir de um modelo já existente, sem a participação da população, tendo em vista apenas o cumprimento da lei.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15603/2176-9583/refae.v10n1p73-91

 

Revista da Faculdade de Administração e Economia

ISSN: 2176-9583
Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.