Responsabilidade ética do profissional da contabilidade vista sobre a percepção dos alunos de graduação do curso de Ciências Contábeis de uma universidade privada localizada na cidade de Goiânia - GO

Cinthya Gomes Martins Barros, Geovane Camilo Santos, Eduardo Alvim Guedes Alcoforado

Resumo


A escolha pela profissão é optativa! Porém, a partir do momento que se toma tal decisão, as obrigações profissionais são imperativas. Assim, os códigos de éticas auxiliam o profissional quanto a sua conduta, respeito aos colegas e a sociedade. Nesse sentido, este estudo busca identificar os conhecimentos dos alunos do curso de Ciências Contábeis de uma universidade privada localizada na cidade de Goiânia, quanto às responsabilidades éticas previstas no Código de Ética do Profissional Contador (CEPC). Os dados foram coletados mediante questionário, aplicado via plataforma eletrônica, aos alunos do curso de Ciências Contábeis da referida universidade. Foram obtidas 177 respostas, tratadas mediante estatística descritiva, testes de hipóteses não paramétricos – Mann-Whitney-Wilcoxon e Kruskal-Wallis – para comparar as respostas por grupos e nuvens de palavras. Os resultados revelaram que 53% dos respondentes ainda não leram o CEPC e que os estudantes acertaram a maioria das punições previstas no mesmo. Os resultados também revelaram que o sexo e a experiência profissional não influenciam no conhecimento quanto ao CEPC, porém a leitura e cursar a disciplina de ética possui influência em algumas assertivas dispostas no documento. Conclui-se que o CEPC é importante para guiar a conduta profissional em relação à classe contábil e à sociedade.

Palavras-chave


Responsabilidade Ética; Profissional Contábil; Alunos; Código de Ética do Profissional Contador.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15603/2176-9583/refae.v10n1p41-71

 

Revista da Faculdade de Administração e Economia

ISSN: 2176-9583
Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.