Acao de extratos naturais sobre o cancer.

laislaine freire, fabiana alves

Resumo


O câncer é uma doença multifatorial e se caracteriza pela proliferação desordenada e incontrolada das células, devido a mutações resultantes de agentes químicos, físicos e ou biológicos. Algumas plantas têm demonstrado bons resultados quimiopreventivos e antineoplásicos para o tratamento desta doença. O objetivo do presente trabalho foi pesquisar e comparar a partir da literatura a ação dos principais extratos naturais já utilizados no tratamento do câncer. As principais espécies de plantas utilizadas para o desenvolvimento de anticancerígenos de acordo com a literatura consultada foram: Taxus brevifolia Nutt. (Taxaceae), Taxus baccata L. (Taxaceae), Catharanthus roseus (L.) G. Don. (Apocynaceae), Camptotheca acuminata Decne. (Cornaceae), Podophyllum peltatum L. (Berberidaceae), Piper tuberculatum Jacq. (Piperaceae) e Capraria biflora L, que originaram os medicamentos paclitaxel e docetaxel, vincristina e vimblastina, irinotecan e topotecan, etoposídeo e teniposídeo, piplartina e biflorina, respectivamente. Sendo os principais alvos destes fármacos, os microtúbulos, o ciclo celular e as tubulinas celulares, promovendo a interrupção do ciclo celular, desencadeando a apoptose. Contudo, a utilização de extratos naturais para a produção de fármacos é assegurada pela legislação e apresentam resultados satisfatórios no tratamento do câncer.

 

Palavras chave: Extrato natural, câncer, tratamento do câncer, quimioterápicos, antineoplásicos.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.