Religião e cultura: um diálogo teológico sobre a Reforma protestante a partir de Martinho Lutero e Paul Tillich.

Danjone Regina Meira

Resumo


Este artigo busca apresentar algumas considerações teológicas e filosóficas sobre a interface religião e cultura na dimensão do acontecimento da Reforma protestante, especialmente, a partir do pensamento teológico de Martinho Lutero e Paul Tillich. Nessa perspectiva, busca-se ressaltar algumas características da Reforma protestante a partir das obras de Paul Tillich “Teologia sistemática” (1951-1963), “História do pensamento cristão” (1988) e “Teologia da cultura” (1959) em diálogo com a obra “95 teses sobre as indulgências” (1517) e a obra “Disputatio de Homine” (1536) do teólogo Lutero.

 

 


Palavras-chave


religião; cultura; Reforma protestante; Lutero; Tillich.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15603/1677-2644/correlatio.v20n1p43-62

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.