Racismo à brasileira e possíveis contribuições do pensamento de Paulo Freire para uma educação antirracista

Crislei de Oliveira Custódio

Resumo


Este artigo tem como objetivo debater alguns elementos presentes na obra de Paulo Freire com intuito de pensar, a partir daí, possíveis contribuições do pensamento freiriano para as bases de uma educação antirracista. Para isso, parte-se da conceituação das noções de raça, racismo, preconceito e discriminação racial e da abordagem acerca de algumas especificidades da questão racial no Brasil para contextualizar o tema do racismo. Em seguida, retoma-se a ideia de dominação enunciada na contradição opressor-oprimido e a discussão proposta por Paulo Freire acerca da necessidade de descolonização do currículo no processo de reconstrução de Guiné-Bissau e, com base no pensamento da pensadora estadunidense bell hooks, são analisados alguns fundamentos para uma concepção antirracista de educação.




Palavras-chave


racismo, educação antirracista, descolonização do currículo, Paulo Freire.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15603/2176-1043/el.v23n2p23-46

ISSN IMPRESSO: 1415-9902

ISSN ELETRÔNICO: 2176-1043

      IRESIE

 

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.