Mandrágora

A Revista Mandrágora é uma publicação semestral do Grupo de Estudos de Gênero e Religião Mandrágora/NETMAL - do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Religião da Universidade Metodista de São Paulo. Circulando desde 1994, a Mandrágora é a primeira revista brasileira especificamente sobre Gênero e Religião, e foi criada com o objetivo de divulgar artigos científicos, relatos, resenhas e entrevistas sobre essa temática.

 BLOG MANDRÁGORA-NETMAL

 


Imagem para capa da revista

A partir de 2015 a revista Mandrágora passou a ter publicação semestral e convida pesquisadoras e pesquisadores em estudos feministas e religião a colaborarem com artigos e resenhas, recebidos em fluxo contínuo

Se ainda não possui cadastro, cadastre-se com o nome sob o qual deseja ver publicado o seu artigo ou resenha. Com o cadastro efetuado, clique em "iniciar nova submissão" e siga as instruções para submeter o seu artigo ou resenha. Lembre-se de verificar as normas em "diretrizes para autores/as".


                                           Dossiê/ 2022:

Relações de religião e gênero no contexto da pandemia: desafios e sensibilidades de uma conjuntura complexa

 

Prazo de submissão: 30 de setembro de 2022

 

Proponentes:

Profa. Dra. Clarissa De Franco – PPG Ciências da Religião da Universidade Metodista de São Paulo

Profa. Dra. Ana Keila Mosca Pinezi – Universidade Federal do Triângulo Mineiro

 

Ementa:

            As complexas relações entre gênero e religião apontam elementos que deflagram o patriarcalismo e o colonialismo presentes nas práticas e nos discursos religiosos, em especial das religiões majoritárias, cujos posicionamentos públicos sustentam lógicas que invisibilizam, subalternizam e por vezes violentam grupos como mulheres e LGBTQIA+. Embora este cenário perdure, há que se considerar as múltiplas facetas que perpassam tais relações, uma vez que há diversos movimentos religiosos progressistas e pluralistas, como os feminismos religiosos e coletivos como Jesus cura a homofobia, demonstrando que as relações entre religião e gênero não podem ser reduzidas ao campo reacionário e tampouco homogeneizantes.

            Tal debate se torna sensível diante do contexto de pandemia, que envolve a necessidade da prática do cuidado – em geral uma atividade que recai sobre as mulheres – e também o contato próximo com as perspectivas de saúde, doença, perdas, lançando um olhar voltado para as necessidades e limites do corpo, de si e das pessoas próximas. É justamente a partir destes limites que novas configurações de relações de gênero se estabelecem, impulsionadas pelo cotidiano que reconfigura e redefine papeis.

            Este dossiê, portanto, acolherá propostas que reflitam sobre as tensões e alternativas que permeiam as relações de gênero e religião construídas no contexto da pandemia de Covid-19.


 

ISSN Impresso: 1517-0241

ISSN Eletrônico: 2176-0985

Notícias

 
Nenhuma notícia publicada.
 
Outras notícias...

v. 28, n. 1 (2022): Mandrágora

Sumário

DOSSIÊ - Instituições religiosas, direitos e diversidade sexual: invenções da relação na contemporaneidade

Marcelo Tavares Natividade, Carlos Lacerda Coelho Júnior
PDF
1-8

Seção 1: Teorias das ciências da religião e políticas de sexo e gênero

Luísa Chada Arraes
PDF
9-31
Clarissa De Franco
PDF
33-52

Seção 2: Ventos de mudança nos tradicionalismos?

Fernando Cesar Buttignol, João Miguel Teixeira de Godoy
PDF
53-70
Emerson Rossi
PDF
71-103

Seção 3: A institucionalização de um campo dissidente nos cristianismos

Tainah Biela Dias
PDF
105-133
Ana Ester Pádua Freire
PDF
135-156
André Sidnei Musskopf
PDF
157-177

Outros temas

Sandra Duarte de Souza
PDF
179-180
Renata Fernandes Maia de Andrade
PDF
181-200
Alef Monteiro
PDF
201-219

Resenhas

Nilza Menezes
PDF
221-223