“Ideologia de género”: origem e disseminação de um discurso antifeminista

Júlia Garraio, Teresa Toldy

Resumo


O presente artigo tem como objetivo analisar as origens dos discursos e iniciativas anti-"ideologia de género" como movimento global, mapeando o seu processo de disseminação. Para tal, apoia-se na vasta bibliografia que existe sobre os vários contextos em que os ataques à “ideologia de género” têm tido significativo impacto sociopolítico. Este trabalho permitirá perceber, por um lado, o carácter global dos ataques à “ideologia de género” como movimento essencialmente antifeminista que pretende contrariar políticas promotoras da igualdade de género; por outro, este mapeamento das várias manifestações anti-“ideologia de género” favorece um olhar comparativo que permitirá visibilizar as especificidades das várias traduções e apropriações locais do discurso em causa. Ora, é precisamente nesta atenção à dimensão macro e à micro do movimento que os seus perigos poderão ser mais facilmente identificados e combatidos.

Palavras-chave


"ideologia de género", Vaticano, feminismo, extrema-direita, imigração

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15603/2176-0985/mandragora.v26n1p129-155

 

 

  

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.