Contradições na escola: a violência no lugar do desenvolvimento humano - DOI: http://dx.doi.org/10.15603/1982-8993/ml.v4n2p25-39

Joyce Falcão Borba, Maria José de Oliveira Russo

Resumo


Este artigo busca uma reflexão sobre o cenário de violência na escola. Considerando a dimensão histórica e social, bem como a complexa rede de relações da qual este fenômeno faz parte, neste estudo são apontados alguns tipos de violência presentes no contexto educacional, tendo como elemento norteador o aporte teórico de Pierre Bourdieu sobre a violência simbólica, sua ocorrência e legitimação no ambiente escolar. Conceitos como estigma, rótulo e bullying são abordados com a intenção de compreender como estes se instalam e ocorrem no interior da escola. As discussões apontam as contradições existentes nesse espaço, em referência aos pressupostos mundiais sobre culturas e políticas de inclusão escolar e sugerem a promoção de ações coletivas que resgatem o principal papel da escola para que esta seja um local de desenvolvimento humano.


Palavras-chave


: violência simbólica; estigma; rótulo; bullying; escola inclusiva.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15603/1982-8993/ml.v4n2p25-39