Escola e bullying: a compreensão dos educadores - DOI: http://dx.doi.org/10.15603/1982-8993/ml.v4n2p41-55

Maria Teresa Trevisol, Daniela Dresch

Resumo


Bullying é um comportamento ofensivo e repetitivo, com intenção de humilhar, maltratar ou desprezar o outro. Este artigo analisa a prática de bullying na escola a partir de dados coletados por meio de uma investigação realizada com profissionais de escolas públicas do município de Luzerna (SC). Para a coleta de dados, utilizou-se questionário e posterior análise do conteúdo das respostas. Como resultados, evidenciaram-se: os participantes possuem boa compreensão do assunto; as consequências do bullying atingem a todos os envolvidos, alterando a gravidade de acordo com a agressão ocorrida; os tipos de desrespeito mais frequentes são violência física e verbal; tanto a idade das vítimas como dos agressores ficou entre 11 a 15 anos; confirma-se a relação dos bullies com a indisciplina e dificuldade de aprendizagem. Os encaminhamentos em relação ao problema pesquisado abrangem mudanças no indivíduo, na escola, na família e na sociedade.

 


Palavras-chave


: bullying; violência escolar; maus-tratos; desrespeito.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15603/1982-8993/ml.v4n2p41-55