A COVID-19 e o distanciamento social: repercussões na saúde mental do grupo de risco

Ana Carolina Paes, Cristiane Barros Marcos, Marciana Zambillo

Resumo


O presente estudo analisou as repercussões da pandemia e do distanciamento social na saúde mental de pessoas do grupo de risco da COVID-19. Por meio de entrevistas com membros de um grupo educativo em saúde, discute-se os entrelaçamentos entre as principais repercussões, os determinantes sociais da saúde e a Saúde Mental. As principais repercussões encontradas foram a sensação de privação de liberdade, insegurança nas informações sobre a pandemia, limitação de acesso a serviços de saúde e aumento das demandas emocionais. Os resultados suscitam a necessidade de repensar estratégias de cuidado em saúde de acordo com o novo contexto.


Palavras-chave


COVID-19; Saúde Mental; Pandemias; Grupos de Risco

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15603/2176-1019/mud.v29n2p23-31

Indexadores

         

 

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional