Pandemia da Covid-19 e a saúde mental de gestantes brasileiras

Alessandra Rocha Arrais, Bianca Amorim da Silva Penha, Luciana Andrade Rocha Nery, Ana Clara Arrais Haidar

Resumo


Trata-se de uma pesquisa de opinião para conhecer as repercussões psicológicas da Covid- 19 em gestantes. 710  grávidas  responderam um questionário disseminado pelo    Instagram@,    Facebook@    e    Whatsapp@. Calculou-se a média das repostas e o coeficiente de Spearman. Os resultados mostraram que não ter um acompanhante no parto, não amamentar e transmitir verticalmente o coronavírus são os maiores temores das participantes. Os  medos e as preocupações, inerentes ao período gestacional, estão potencializados pela pandemia e impactam negativamente a saúde mental das gestantes por estimularem fantasias/crenças que aumentam a sua vulnerabilidade psíquica. Conclui-se que o acompanhamento pelo psicólogo da saúde/hospitalar e clínico às gestantes é fundamental para enfrentar o cenário pandêmico atual. 


Palavras-chave


covid-19; quarentena; efeitos psicológicos; gestantes; saúde mental

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15603/2176-1019/mud.v29n2p11-22

Indexadores

         

 

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional