O processo de criação de empresa nos países de transição

Massimo Bianchi

Resumo


Os projetos para o desenvolvimento do empreendedorismo nos países na transição representam um instrumento importante a fim promover a estabilização política e o bem estar econômico de importantes áreas do planeta. Em seu desenvolvimento, entretanto, um dos problemas de uma dificuldade maior é representado na criação de empresas novas, um problema que é enfrentado ao longo do tempo, com vários instrumentos, mas que sempre é considerado, do ponto de vista da eficácia e da eficiência, dos aspectos críticos da limitação dos resultados em relação ao desperdício dos recursos empregados. A recente experiência conduzida nos Balcãs propõe uma variação de abordagem para a criação da empresa em que as primeiras respostas parecem poder dar mais garantias de sucesso. No artigo é discutida essa experiência e se apresentam metodologias para o desenvolvimento do pensamento organizacional e do científico de maneira generalizada.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15603/1982-8756/roc.v2n3p%2024%20-%2047


Revista Organizações em Contexto (ROC) - Programa de Pós-Graduação em Administração - PPGA - Faculdade de Administração e Economia - FAE - Universidade Metodista de São Paulo - UMESP.

ISSN Versão Eletrônica 1982-8756

ISSN Versão Impressa 1809-1040 (2005-2008)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.