Estudo comparativo da aplicação de modelos clássicos de previsão de demanda no agronegócio

Odair Oliva de Farias, Mário de Souza Nogueira Neto, Carlos César Sales Nogueira

Resumo


Para delinear a dinâmica dos arranjos produtivos locais e alicerçar a eficiência coletiva no agronegócio, o cluster de indústrias de fertilizantes precisa dispor de um sistema de previsão de demanda adaptado às incertezas relacionadas ao processo e ao mercado global. Por meio das projeções futuras, a empresa estima metas objetivando orientar todo o sistema logístico e o fluxo de produtos e matéria-prima por meio do sistema portuário. O foco é agregar um grande volume de informações e por meio de sua análise realizar previsões com a precisão desejada. As incertezas são caracterizadas pela variação dos componentes sistemáticos da série de dados, o que influencia o comportamento das vendas. Será apresentado um comparativo de análises quantitativas das séries sazonais relacionadas à demanda nacional de fertilizantes e à demanda de três produtos de um complexo industrial de fosfatados da região sudeste. Modelos clássicos de avaliação da série sazonal foram aplicados, comparando-se seus coeficientes de sazonalidade, tendência e periodicidade, buscando atenuar os efeitos da incerteza nos períodos seguintes.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15603/1982-8756/roc.v2n3p%20220%20-%20233


Revista Organizações em Contexto (ROC) - Programa de Pós-Graduação em Administração - PPGA - Faculdade de Administração e Economia - FAE - Universidade Metodista de São Paulo - UMESP.

ISSN Versão Eletrônica 1982-8756

ISSN Versão Impressa 1809-1040 (2005-2008)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.