Tipologia para a contabilidade ambiental

Nazlhe Faride Chein Schekaiban, María Eugenia De La Rosa Leal

Resumo


Este artigo revê a visão, as propostas e o desenvolvimento da contabilidade ambiental, refletindo sobre suas implicações, com a finalidade de descobrir e encontrar sua importância e situação. Para se chegar a esse resultado foi preciso realizar uma revisão epistemológica moldada e processo reflexivo de sustentabilidade e da aproximação ao usuário, da percepção da realidade contábil no México e da gerência interna das organizações. As conclusões mostram a contabilidade ambiental no México fora da re-alidade operativa do modelo contábil regional, aumentando a importância de se criar uma cultura capaz de examinar o controle da missão deste tipo de contabilidade.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15603/1982-8756/roc.v3n5p%2052%20-%2068

Revista Organizações em Contexto (ROC) - Programa de Pós-Graduação em Administração - PPGA - Faculdade de Administração e Economia - FAE - Universidade Metodista de São Paulo - UMESP.

ISSN Versão Eletrônica 1982-8756

ISSN Versão Impressa 1809-1040 (2005-2008)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.