Competitividade organizacional por meio do sistema ERP: uma análise dos resultados alcançados na fase da pós-implantação

Sergio Gozzi, Márcio Antonio Hirose Fedichina, Rodolfo Leandro de Faria Olivo, Márcio Cardoso Machado

Resumo


O objetivo deste estudo é identificar, por meio da análise do processo de planejamento e implantação, os principais aspectos que permeiam o processo da pós-implantação de sistema ERP. A pesquisa foi realizada em duas empresas industriais brasileiras e procurou correlacionar os possíveis problemas detectados no gerenciamento da fase de pósimplantação com aqueles vivenciados no período da préimplantação e do gerenciamento da implantação. Os resultados demonstram que, para que a pós-implantação possa ser adequadamente administrada, um processo de planejamento e de implantação de um sistema ERP deve ultrapassar em muito a simples análise das necessidades de informação e de integração organizacional. Ele pressupõe, também, toda uma mudança da perspectiva de trabalho e da forma de relacionamento em um ambiente informacional. Assim, considerar elementos estratégicos como o adequado planejamento prévio, a coerente condução dos processos durante a fase da implantação e a análise dos fatores críticos de sucesso constituem o passo fundamental para que os resultados alcançados na pósimplantação sejam positivos.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15603/1982-8756/roc.v2n4p%209%20-%2027


Revista Organizações em Contexto (ROC) - Programa de Pós-Graduação em Administração - PPGA - Faculdade de Administração e Economia - FAE - Universidade Metodista de São Paulo - UMESP.

ISSN Versão Eletrônica 1982-8756

ISSN Versão Impressa 1809-1040 (2005-2008)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.