Causas da mortalidade de micros e pequenas empresas: o caso das lojas de um shopping center

João Adamor Dias Neves, Raimundo Wellington Araújo Pessoa

Resumo


O presente estudo investiga as principais causas do fechamento precoce das lojas de um shopping center de uma capital brasileira e tenta identificar a utilização das ferramentas mercadológicas pelos proprietários de pequenos negócios, a fim de lhes proporcionar melhor gestão dessa atividade. Para isso, foram analisados os vários fatores que levam as microempresas encerrarem suas atividades com pouco tempo de mercado. Utilizou-se um estudo de caso por meio de pesquisa descritiva, utilizando-se entrevistas, tanto com lojistas em funcionamento quanto com ex-lojistas do shopping, a fim de permitir uma comparação dos dois tipos de gestão. Os resultados indicam ausência de um plano de negócios antes da abertura da loja, falta de planejamento de marketing, insatisfação dos lojistas com a gestão do shopping, falta de mix apropriado de oferta do shopping, desconhecimento do público-alvo da loja, dentre outros fatores de fechamento precoce das lojas. Recomenda-se maior preparação dos gestores para lidar com situações difíceis e maior habilidade na gestão da loja. Finalmente, é imprescindível a elaboração de um plano de negócio antes da abertura da loja, para saber se é viável ou não sua instalação.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15603/1982-8756/roc.v2n4p%20165%20-%20195

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários


Revista Organizações em Contexto (ROC) - Programa de Pós-Graduação em Administração - PPGA - Faculdade de Administração e Economia - FAE - Universidade Metodista de São Paulo - UMESP.

ISSN Versão Eletrônica 1982-8756

ISSN Versão Impressa 1809-1040 (2005-2008)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.