Equalização Fiscal: Análise do Fundo de Participação dos Municípios com o Uso de Regressão Logística

Maria Aparecida Gouvêa, Patrícia Siqueira Varela

Resumo


Este trabalho faz parte de um amplo estudo que combina diversos grupos de municípios paulistas, os quais são analisados mediante técnicas estatísticas multivariadas. Este trabalho objetivou indicar se os municípios paulistas, caracterizados pelo Índice de Responsabilidade Social Paulista (IPRS) como municípios com baixos índices de riqueza e níveis sociais altos ou moderados (grupo 3) e municípios com baixos índices de riqueza e níveis intermediários de longevidade e escolaridade (grupo 4), podem ser diferenciados pelos valores per capita de transferência do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), quota-parte do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e receita tributária arrecadada, com base na regressão logística. Esta técnica estatística sinalizou que nenhuma destas variáveis discrimina os dois grupos de municípios. Porém, os resultados sugerem que os critérios de distribuição do FPM contribuem de forma parcial ou existem problemas de gestão na alocação dos recursos

Palavras-chave


Indicadores socio-econômicos

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15603/1982-8756/roc.v4n8p1-23


Revista Organizações em Contexto (ROC) - Programa de Pós-Graduação em Administração - PPGA - Faculdade de Administração e Economia - FAE - Universidade Metodista de São Paulo - UMESP.

ISSN Versão Eletrônica 1982-8756

ISSN Versão Impressa 1809-1040 (2005-2008)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.