O uso da Política Cognitiva na Comunicação Organizacional

Rosana Curvelo de Souza, Miguel Eduardo Moreno Añez

Resumo


Este artigo é um ensaio teórico que propõe uma reflexão a respeito de transparência e dualidade na comunicação organizacional, buscando auxiliar na compreensão do potencial estratégico da comunicação nas organizações. Nas organizações cujas direções entendem a comunicação como uma área estratégica, a transparência é uma forma de tornar-se confiável junto aos seus públicos de interesse. A dualidade do discurso, que se refere aos comportamentos nos quais o mesmo ator que afirma uma coisa faz o oposto no momento da prática ou sustenta o oposto diante de outro auditório, se constrói para guiar ou convencer, tornando-se parte da estratégia diretiva dos administradores para se adaptar a demandas mutantes no contexto e tentar ganhar sempre nas comunicações. Dentre as contribuições potenciais deste estudo está a reflexão de que empregar a política cognitiva descartando-se o conhecimento de aspectos como transparência e dualidade implica um risco de impropriedade da gestão como um todo, marcando profundamente a cultura da organização. Este estudo apresenta ainda um levantamento bibliométrico da ocorrência de publicações de artigos sobre o tema em três periódicos científicos brasileiros entre 2008 e 2011, demonstrando que a produção acadêmica nessa área é míngua, talvez em função de sua natureza obscura.

Palavras-chave


Política cognitiva. Comunicação organizacional. Transparência. Dualidade.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15603/1982-8756/roc.v8n15p161-178

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários


Revista Organizações em Contexto (ROC) - Programa de Pós-Graduação em Administração - PPGA - Faculdade de Administração e Economia - FAE - Universidade Metodista de São Paulo - UMESP.

ISSN Versão Eletrônica 1982-8756

ISSN Versão Impressa 1809-1040 (2005-2008)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.