Análise da rentabilidade de empresas varejistas: uma abordagem exploratória

David Ferreira Lopes Santos

Resumo


O artigo teve como objetivo analisar os fatores que influenciaram o desempenho das empresas varejistas brasileiras no período de 2000 a 2006. Para alcançar o resultado proposto especificou-se um modelo exploratório com quatro dimensões internas a firma: eficiência operacional, eficácia mercadológica, estrutura de capital e tamanho. A perspectiva intra-firma se sustenta nos postulados da teoria baseada em recursos e a escolha do setor varejista importa por ser diretamente influenciado pelo consumo das famílias e, com efeito, das políticas públicas. Utilizou-se o método quantitativo, tendo como base um modelo exploratório que foi testado a partir da técnica de regressão múltipla. Os resultados alcançados confirmaram o ajuste estatístico do modelo, bem como, possibilitou identificar que a eficiência operacional é o principal influenciador do desempenho financeiro deste setor. Em adição, a eficácia mercadológica apresentou significância estatística, entretanto, com relevância inferior a eficiência operacional. Por outro lado, a estrutura de capital exerceu influência negativa no desempenho, porém com fraca significância e o tamanho da empresa não exerceu influência significativa na performance.


Palavras-chave


Desempenho, Fontes de Valor, Varejo

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15603/1982-8756/roc.v8n16p121-138


Revista Organizações em Contexto (ROC) - Programa de Pós-Graduação em Administração - PPGA - Faculdade de Administração e Economia - FAE - Universidade Metodista de São Paulo - UMESP.

ISSN Versão Eletrônica 1982-8756

ISSN Versão Impressa 1809-1040 (2005-2008)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.