Antes Inimigos, Agora um Só Corpo: Perspectivas Culturais em um Processo de Fusão Entre Concorrentes

Amanda Falcão, Henrique Muzzio

Resumo


Este artigo tem como objetivo abordar aspectos da cultura organizacional de duas grandes empresas que ocupavam posições de liderança no setor alimentício, as quais sofreram processo de fusão recentemente (Sadia e Perdigão). Serão abordados os choques, os problemas, as adaptações e as convergências ocorridas com a cultura organizacional. A cultura organizacional traz dentre seus elementos, os valores, os ritos e os mitos, que são a base para o simbolismo presente nas ações organizacionais. Foi realizado um estudo qualitativo com o uso de entrevista semiestruturada, interpretadas através da análise de discurso. Os resultados evidenciam as especificidades de um processo, normalmente conturbado, de fusão entre dois grandes concorrentes. Os problemas surgiram por diferenciações nos processos e antipatia dos colaboradores das empresas entre si, com uma forte resistência no primeiro momento. Contudo, a convergência pode ocorrer, dada certa semelhança de princípios e atuação das empresas.


Palavras-chave


Cultura organizacional; Simbolismo; Fusão

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15603/1982-8756/roc.v9n18p1-23

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários


Revista Organizações em Contexto (ROC) - Programa de Pós-Graduação em Administração - PPGA - Faculdade de Administração e Economia - FAE - Universidade Metodista de São Paulo - UMESP.

ISSN Versão Eletrônica 1982-8756

ISSN Versão Impressa 1809-1040 (2005-2008)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.