Percepção do Corpo Feminino e os Comportamentos de Consumo de Serviços de Estética

Thelma Lucchese Cheung, Camila Souza Alves

Resumo


A relação da mulher com seu próprio corpo, os padrões de beleza corporal, a dificuldade de sentir-se satisfeita com seu próprio corpo e a busca incessante por serviços capazes de fazer o milagre da transformação do corpo feio em belo foram temas abordados em um grupo focal composto por acadêmicas de um programa de pós-graduação de uma universidade pública brasileira localizada na região Centro-Oeste. A técnica de coleta de dados permitiu recuperar nos discursos das participantes as suas maneiras de perceber seus corpos, as suas atitudes em relação à construção do corpo perfeito e as suas percepções sobre a pressão social que impõe o corpo magro como ideal. A representação social do corpo feminino para as participantes esteve mais associada à cobrança social, às preocupações de estéticas e à frustração. O bem estar foi associado ao fato de não atrair olhares de reprovação por carregar consigo uma identidade reprovada socialmente

Palavras-chave


corpo; percepção; representação do corpo; mulheres

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15603/1982-8756/roc.v9n18p271-294

Revista Organizações em Contexto (ROC) - Programa de Pós-Graduação em Administração - PPGA - Faculdade de Administração e Economia - FAE - Universidade Metodista de São Paulo - UMESP.

ISSN Versão Eletrônica 1982-8756

ISSN Versão Impressa 1809-1040 (2005-2008)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.