Apropriação da Inovação em Agrotecnologias: Estudo Multicaso em Universidades Brasileiras

Samuel Carvalho De Benedicto, Josias Jacintho Bittencourt, André Luiz Zambalde, Cândido Ferreira da Silva Filho

Resumo


O objetivo desta pesquisa é investigar os mecanismos de apropriação de inovações tecnológicas em universidades. Para tanto, foi realizado um estudo multicaso de natureza qualitativa em três universidades públicas voltadas para a “inovação em agrotecnologias”: ESALQ-USP, UFV e UFLA. O estudo conclui que as universidades pesquisadas realizaram, nos últimos anos, um conjunto de mudanças a fim de estabelecer mecanismos de apropriação direta e indireta e colher os benefícios tangíveis e intangíveis das inovações geradas. Constatou-se que os benefícios intangíveis são os geradores dos benefícios tangíveis e, num segundo momento, os benefícios tangíveis poderão gerar outros benefícios intangíveis, criando um ciclo virtuoso que pode ocorrer tanto num contexto dinâmico associado a ambientes internos como externos à instituição. Verificou-se ainda que tais benefícios extrapolam o ambiente institucional, e que também alcançam a sociedade, podendo ser considerados “formas de apropriabilidade social”. A partir das respectivas constatações, elaborou-se um quadro síntese com a descrição dos principais modos e benefícios da apropriação de inovações em agrotecnologias nas universidades pesquisadas. Ao final, são discutidas as possibilidades de uma generalização analítica do quadro síntese. 


Palavras-chave


Universidade; Tecnologia; Inovação; Apropriabilidade

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15603/1982-8756/roc.v10n19p181-212

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários


Revista Organizações em Contexto (ROC) - Programa de Pós-Graduação em Administração - PPGA - Faculdade de Administração e Economia - FAE - Universidade Metodista de São Paulo - UMESP.

ISSN Versão Eletrônica 1982-8756

ISSN Versão Impressa 1809-1040 (2005-2008)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.