Comprometimento Organizacional: Comparando Docentes Efetivos e Temporários de uma Instituição de Ensino Superior

Josias Gomes Ribeiro Filho, Luiz Carlos Honório

Resumo


Este artigo tem como objetivo central analisar como se configura o comprometimento organizacional de docentes efetivos do quadro permanente e de docentes temporários do quadro provisório de uma Instituição Federal de Ensino Superior a partir da abordagem multidimensional de Medeiros (2003). O trabalho apoiou-se em um estudo de caso, realizado por meio de técnicas de abordagem quantitativa e qualitativa de coleta de dados. A análise dos resultados da pesquisa revelou alto comprometimento dos docentes amostrados com as bases obrigação pelo desempenho, afetiva e afiliativa, com os docentes temporários apresentando escores ligeiramente superiores aos seus pares efetivos. Os docentes com idade até 40 anos mostraram-se mais satisfeitos com as recompensas e oportunidades oferecidas pela Instituição. Já os docentes especialistas revelaram maior crença e identificação com os valores e objetivos institucionais. Enquanto que os docentes temporários sentem maior obrigação em permanecer na função, denotando que isso reflete uma gratidão pelas oportunidades de trabalho que lhes são oferecidas.


Palavras-chave


Comprometimento organizacional; docentes; instituição de ensino superior

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15603/1982-8756/roc.v10n20p173-204


Revista Organizações em Contexto (ROC) - Programa de Pós-Graduação em Administração - PPGA - Faculdade de Administração e Economia - FAE - Universidade Metodista de São Paulo - UMESP.

ISSN Versão Eletrônica 1982-8756

ISSN Versão Impressa 1809-1040 (2005-2008)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.