A Viabilidade Mercadológica do Curso de Graduação em Engenharia de Vendas

Everaldo Sajioro Junior, Christiano França da Cunha, Antonio Carlos Giuliani, Nadia Kassouf Pizzinatto, Andrea Kassouf Pizzinatto, Teresa Dias de Toledo Pitombo

Resumo


Este estudo tem como objetivo analisar a viabilidade de implantação de um curso de graduação em Engenharia de Vendas no Brasil. Esta proposição é baseada na atual conjuntura mercadológica mundial, na qual a competição acirrada faz com que as empresas necessitem estar adequadamente preparadas para participarem em condições, que lhes permitam obter participações saudáveis nos mercados em que estejam inseridas. Para a fundamentação da proposição, foi realizada uma pesquisa exploratória e qualitativa para avaliar importantes pontos sobre a área de vendas de empresas, na maioria com abrangência nacional, e de setores representativos da economia brasileira. Identificou-se como as empresas estão preparadas e qual o perfil do atual profissional que trabalha nessa área, avaliando a importância dada ao desenvolvimento das competências necessárias para este profissional desenvolver suas atividades e a importância da área de vendas para o sucesso da organização. Observou-se que a inexistência de um curso de graduação adequado para a área implica em baixa qualificação específica dos seus atuais profissionais, e como as empresas estão preenchendo esta lacuna. Concluiu-se ser viável, importante e que existe demanda mercadológica para a implantação de um curso de graduação em Engenharia de Vendas no Brasil.

Palavras-chave


Graduação; Profissional de vendas; Competências necessárias.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15603/1982-8756/roc.v10n19p383-420


Revista Organizações em Contexto (ROC) - Programa de Pós-Graduação em Administração - PPGA - Faculdade de Administração e Economia - FAE - Universidade Metodista de São Paulo - UMESP.

ISSN Versão Eletrônica 1982-8756

ISSN Versão Impressa 1809-1040 (2005-2008)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.