Gerenciamento de resultado no Brasil: posicionamento estratégico como nova variável explanatória

Davi Constantino Serafim, Juliana Martins Souza, Leticia Vianna de Mello Carneiro, Marco Antonio Milani Figueiredo Filho

Resumo


A divulgação de informação é um dos principais problemas da empresa moderna. Os gestores da empresa são os responsáveis diretos por essa divulgação. Consequentemente, o posicionamento estratégico pode se relacionar com o tipo de divulgação que é produzida pela empresa. O objetivo deste estudo foi de verificar a relação entre gerenciamento de resultados e o posicionamento estratégico das empresas. A amostra final foi composta por 166 empresas pertencentes a Bolsa de Valores de São Paulo (BM&FBovespa) e cujo o posicionamento estratégico foi definido no estudo realizado no artigo  de Gagno Junior (2009), diante disso a amostra foi composta por 55 empresas de com posicionamento estratégico em "enfoque", 95 empresas com "diferenciação" e 16 empresas com "liderança em custo". A análise dos dados compreendeu o período de 2010 a 2012 e foi utilizado o modelo KS permitem verificar o nível de gerenciamento de resultados por meio dos accruals discricionários. Os resultados gerados indicam que existe um a relação positiva e significante entre gerenciamento de resultados e as empresas com posicionamento estratégico em diferenciação.

Palavras-chave


Gerenciamento de Resultados, Posicionamento estratégico

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15603/1982-8756/roc.v11n22p169-193


Revista Organizações em Contexto (ROC) - Programa de Pós-Graduação em Administração - PPGA - Faculdade de Administração e Economia - FAE - Universidade Metodista de São Paulo - UMESP.

ISSN Versão Eletrônica 1982-8756

ISSN Versão Impressa 1809-1040 (2005-2008)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.