Interpretações culturais sobre a estratégia em uma organização pública brasileira

Eduardo Loebel, Daniel Marasquini Stipp, Andrea Chaves Nalesso, Cintia Rodrigues de O. Medeiros

Resumo


A cultura organizacional é pesquisada como um fator que exerce influência sobre vários aspectos organizacionais, dentre eles,  a estratégia. Neste estudo, o objetivo é apresentar as interpretações de membros organizacionais sobre o conceito de estratégia, os processos de sua definição e comunicação, o nível de conhecimento e compartilhamento e a sua execução em uma organização pública brasileira. Buscamos identificar o consenso e a diferenciação de visões expressas pelos entrevistados, que são servidores gerentes e não gerentes. Empregamos a abordagem de pesquisa qualitativa, a construção do corpus e a análise de conteúdo. Os resultados revelam visões consensuais e diferenciadas em relação à estratégia, sinalizando uma concomitante integração e diferenciação da cultura organizacional. O trabalho contribui para o debate sobre as influências mútuas entre estratégia e cultura organizacionais e uma compreensão do fenômeno por uma perspectiva da construção social.


Palavras-chave


estratégia, planejamento estratégico, cultura organizacional, organização pública brasileira.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15603/1982-8756/roc.v11n22p515-550


Revista Organizações em Contexto (ROC) - Programa de Pós-Graduação em Administração - PPGA - Faculdade de Administração e Economia - FAE - Universidade Metodista de São Paulo - UMESP.

ISSN Versão Eletrônica 1982-8756

ISSN Versão Impressa 1809-1040 (2005-2008)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.