As práticas de logística reversa em um grupo de empresas metalúrgicas localizado no sul do Brasil

Suélen de Vargas, Guilherme Bergmann Borges Vieira, Rafael Mozart da Silva

Resumo


O presente estudo teve como objetivo analisar as práticas de logística reversa realizadas por um grupo de empresas do segmento metalúrgico localizadas na região sul do Brasil. Com a intenção de verificar as motivações para A utilização da logística reversa, identificar as barreiras existentes e descrever o fluxo dos processos reversos, bem como os benefícios obtidos, foram realizadas entrevistas com gestores desse grupo de empresas. Após a análise dos resultados, constatou-se que, dentre as motivações, destacaram-se a conquista de certificações, a legislação e a diminuição de custos e resíduos. Quanto às barreiras encontradas no processo de implementação, as mais citadas foram os custos com a destinação correta de resíduos e os trâmites legais e fiscais. O principal fluxo reverso existente no grupo de empresas analisado refere-se ao retorno de embalagens para reutilização. Em relação aos benefícios obtidos com as práticas de logística reversa, os que tiveram maior destaque foram os ganhos financeiros e o fortalecimento da imagem corporativa.


Palavras-chave


Logística reversa; Práticas; Setor metalúrgico; Região Sul do Brasil

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15603/1982-8756/roc.v12n24p91-116

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários


Revista Organizações em Contexto (ROC) - Programa de Pós-Graduação em Administração - PPGA - Faculdade de Administração e Economia - FAE - Universidade Metodista de São Paulo - UMESP.

ISSN Versão Eletrônica 1982-8756

ISSN Versão Impressa 1809-1040 (2005-2008)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.