Uma Análise Sobre a Aceitação de Líderes: O Caso da Guarda Civil de Mossoró-RN

Arthur William Pereira da Silva, Helaine Cristine Carneiro dos Santos, Brenda Nathália Fernandes Oliveira, Francisco Igo Leite Soares, Ana Lúcia de Araújo Lima Coelho

Resumo


Com o aumento da complexidade das organizações, devido avanços nos diversos elementos que as compõem, o líder é cada vez mais proeminente nesse espaço, pois sob suas mãos repousa a responsabilidade de gerenciar esses recursos em busca de atingir os objetivos. Dessa forma, percebe-se a importância da aceitação desses por seus liderados. Esse estudo busca testar a hipótese: há maior aceitação de líderes quando ocorre maior consenso quanto à aceitação dos critérios que os levaram a liderança. Para tanto foi desenvolvido um estudo quantitativo, utilizando-se principalmente testes de média e variâncias pareadas, na Guarda Civil Municipal de Mossoró-RN, que conta com um efetivo de 275 guardas, dos quais 50 participaram da pesquisa. Os resultados evidenciaram que os líderes que apresentaram maior aceitação foram de fato selecionados pelo conjunto de critérios que apresentou o maior consenso em relação à sua aceitação. Dessa forma, conclui-se que a hipótese foi confirmada na instituição.

Palavras-chave


Líderes; Aceitação; Critérios; Seleção; Liderados

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15603/1982-8756/roc.v13n26p73-99

Revista Organizações em Contexto (ROC) - Programa de Pós-Graduação em Administração - PPGA - Faculdade de Administração e Economia - FAE - Universidade Metodista de São Paulo - UMESP.

ISSN Versão Eletrônica 1982-8756

ISSN Versão Impressa 1809-1040 (2005-2008)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.