Qualidade de vida no trabalho segundo a percepção dos técnicos administrativos do IFCE.

Ysrael Moura Garcia

Resumo


A Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) é um tema que ganhou importância dentro das organizações modernas, especialmente a partir da década de 1990. Os objetivos desta pesquisa são: realizar um diagnóstico das percepções sobre QVT entre os servidores pesquisados e comparar essas percepções  de acordo com as variáveis cargo, sexo, campus em que trabalha, escolaridade, tempo de serviço e remuneração.  Esta pesquisa caracteriza-se como  quantitativa, exploratória e descritiva. Aplicou-se um questionário constituído por 8 (oito) itens de caracterização dos sujeitos entrevistados (sexo, idade, escolaridade, cargo, cargo comissionado, campus em que trabalha, tempo de trabalho e remuneração), e por uma escala adaptada sob autorização do Modelo Biopsicossocial e Organizacional - BPSO-96, de Limongi-França, constituída por 39 (trinta e nove) itens. O estudo contribuiu para o entendimento da dinâmica da QVT  dos técnicos administrativos do IFCE e pode servir de suporte para decisões gerenciais importantes para o comprometimento e a produtividade dos servidores no desenvolvimento de suas atividades cotidianas.


Palavras-chave


Motivação, percepção do ambiente de trabalho, ambiente de trabalho no setor público.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15603/1982-8756/roc.v13n26p195-214

Revista Organizações em Contexto (ROC) - Programa de Pós-Graduação em Administração - PPGA - Faculdade de Administração e Economia - FAE - Universidade Metodista de São Paulo - UMESP.

ISSN Versão Eletrônica 1982-8756

ISSN Versão Impressa 1809-1040 (2005-2008)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.