Influência Política na Contratação de Empregados por Empresas Estatais

Elias Pereira Lopes Júnior, Dilson Alexandre Mendonça Bruno

Resumo


Este estudo analisa a influência política sobre a contratação de empregados feitos por empresas estatais ou State-Owned Enterprises (SOEs). Acredita-se que os políticos usam a sua influência sobre as SOEs para conseguirem ganhos privados. Portanto, espera-se que em ambientes com fraca governança corporativa as SOEs contratam mais empregados do que as empresas privadas. Foram utilizadas empresas listadas no mercado de ações. A base de dados secundários foi construída a partir de outras três bases. Após o tratamento restaram 96.379 observações de empresas de 41 países entre os anos de 2002 e 2011. Esta pesquisa faz uso da técnica Difference-in-Differences, utilizada para mensurar o efeito da influência política sobre a contratação de empregados após a crise de 2008. Os resultados confirmaram a hipótese do estudo. Pode-se concluir que em ambientes com fraca governança corporativa, os políticos usam a sua influência sobre as SOEs com objetivo de obter ganhos políticos/privados.

Palavras-chave


Ambiente Político; Empresas Estatais; Empregados

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15603/1982-8756/roc.v14n28p377-392


Revista Organizações em Contexto (ROC) - Programa de Pós-Graduação em Administração - PPGA - Faculdade de Administração e Economia - FAE - Universidade Metodista de São Paulo - UMESP.

ISSN Versão Eletrônica 1982-8756

ISSN Versão Impressa 1809-1040 (2005-2008)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.