Empresas Mais Sustentáveis Gerenciam Menos Os Seus Resultados? Um Estudo Em Empresas Brasileiras De Capital Aberto

Dannie Delanoy Carr Quirós, Fernanda Maciel Peixoto, Claudia Olímpia Neves Mamede Maestri

Resumo


A literatura aponta que as empresas com boas práticas de sustentabilidade apresentam melhores características financeiras e de mercado. A sustentabilidade tem sido amplamente adotada nas empresas ao redor do mundo para satisfazer o desejo dos acionistas por uma maior transparência (SIEW, 2015). Uma forma de se medir a transparência das firmas é por meio do gerenciamento de resultados (MARTINEZ, 2008). Segundo Bona-Sánchez, Pérez-Alemán e Santana-Martin (2017) existe uma relação positiva entre sustentabilidade e divulgação de informação contábil, o que faz com que empresas sustentáveis tendam a gerenciar menos os seus resultados (KIM; PARK; WIER, 2012). Considerando este contexto, o objetivo deste trabalho é estudar a relação entre a sustentabilidade empresarial e o gerenciamento de resultados. Para isto, foram desenvolvidos testes e regressões para empresas brasileiras de capital aberto no período de 2010 a 2017, utilizando diferentes formas de mensurar o gerenciamento de resultados. Os resultados da pesquisa indicam que não há uma relação entre sustentabilidade empresarial e gerenciamento de resultados. Porém foi encontrada uma relação significante entre gerenciamento de resultados e tamanho da firma.


Palavras-chave


Sustentabilidade Empresarial, Gerenciamento de Resultados, Transparência.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, A.; CUNHA, D. Estudo do mercado brasileiro de renda fixa e o perfil do investidor brasileiro. [s.l.] Universidade Federal do Rio de Janeiro, 2017.

AMEER, R.; OTHMAN, R. Sustainability practices and corporate financial performance: A study based on the top global corporations. Journal of Business Ethics, v. 108, n. 1, p. 61–79, 2012.

B3. Índice de sustentabilidade empresarial ( ISE ) índice de sustentabilidade empresarial ( ISE ). Disponível em: .

BARROS, C.; SOARES, R.; LIMA, G. A Relação Entre Governança Corporativa e Gerenciamento de Resultados Em Empresas Brasileiras. Revista de Contabilidade e Organizações, v. 19, n. 1976, p. 27–39, 2013.

BHASA, M. P. Global corporate governance: debates and challenges. Corporate Governance: The international journal of business in society, v. 4, n. 2, p. 5–17, 2004.

BM&FBOVESPA. Metodologia do índice de sustentabilidade. São Paulo: [s.n.]. Disponível em: .

BONA-SÁNCHEZ, C.; PÉREZ-ALEMÁN, J.; SANTANA-MARTIN, D. J. Sustainability disclosure , dominant owners and earnings informativeness. Research in International Business and Finance, v. 39, p. 625–639, 2017.

CHIH, H.; SHEN, C.; KANG, F. Corporate Social Responsibility , Investor Protection , and Earnings Management : Some International Evidence. Journal of Business Ethics, v. 79, n. 179–198, p. 179–198, 2008.

CONSONI, S.; COLAUTO, R. D.; LIMA, G. A. S. F. DE. A divulgação voluntária e o gerenciamento de resultados contábeis : evidências no mercado de capitais brasileiro. Revista Contabilidade & Finanças-USP, v. 28, n. 74, p. 249–263, 2017.

CUADRADO-BALLESTEROS, B.; MARTÍNEZ-FERRERO, J.; GARCÍA-SÁNCHEZ, I. M. Mitigating information asymmetry through sustainability assurance: The role of accountants and levels of assurance. International Business Review, v. 26, n. 6, p. 1141–1156, 2017.

CUNHA, P. R. DA; PICCOLI, M. R. Influência do board interlocking no gerenciamento de resultados. Revista Contabilidade & Finanças, v. 28, n. 74, p. 179–196, 2017.

DECHOW, P.; GE, W.; SCHRAND, C. Understanding earnings quality: A review of the proxies, their determinants and their consequences. Journal of Accounting and Economics, v. 50, n. 2–3, p. 344–401, 2010.

ECCLES, R. G.; IOANNOU, I.; SERAFEIM, G. The impact of corporate sustainability on organizational processes and performance. Management Science, v. 60, n. November, p. 2835–2857, 2014.

ELKINGTON, J. Sustentabilidade. Canibais com Garfo e Faca. [s.l.] Makron Books, 2001.

ERFURTH, A. E.; BEZERRA, F. A. Gerenciamento de resultados nos diferentes níveis de governança corporativa. Revista de Administração e Contabilidade da Unisinos, v. 10, n. 1, p. 32–42, 2013.

GOYAL, P.; RAHMAN, Z.; KAZMI, A. A. Corporate sustainability performance and firm performance research literature review and future research agenda. Management Decision, v. 51, n. 2, p. 361–379, 2013.

GUIMARÃES, T. M.; PEIXOTO, F. M.; CARVALHO, L. Sustentabilidade empresarial e governança corporativa : uma análise da relação do ise da BM&FBovespa com a compensação dos gestores de empresas brasileiras. Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade, v. 11, n. 2, p. 134–149, 2017.

HOLANDA, A.; CARLOS, A.; COELHO, D. Gerenciamento de Resultados e Estrutura de Propriedade : Evidências no Brasil. IV Congresso Nacional de Administração e Ciências Contábeis - AdCont 2013. Anais...2013

IBRAHIM, M. S. et al. Analysis of earnings management practices and sustainability reporting for corporations that offer islamic products & services. Procedia Economics and Finance, v. 28, n. April, p. 176–182, 2015.

KANG, S.-H. A Conceptual and Empirical Evaluation of Accrual Prediction Models. [s.l.] Yale University, 1999.

KANG, S.-H.; SIVARAMAKRISHNAN, K. Issues in Testing Earnings Management and an Instrumental Variable Approach. Journal of Accounting Research, v. 33, n. 2, p. 353, 1995.

KANTABUTRA, S. Predicting corporate sustainability: A Thai approach. Journal of Applied Business Research, v. 27, n. 6, p. 123–133, 2011.

KHAN, M.; SERAFEIM, G.; YOON, A. Corporate Sustainability : First Evidence on Materiality. SSRN Electronic Journal, p. 1–55, 2015.

KIM, Y.; PARK, M. S.; WIER, B. Is earnings quality associated with corporate social responsibility? The Accounting Review, v. 87, n. 3, p. 761–796, 2012.

KRECHOVSKÁ, M.; PROCHÁZKOVÁ, P. T. Sustainability and its integration into corporate governance focusing on corporate performance management and reporting. Procedia Engineering, v. 69, p. 1144–1151, 2014.

LAMEIRA, V. DE J. et al. Sustentabilidade , valor , desempenho e risco no mercado de capitais brasileiro sustainability , value , performance and risk in the brazilian capital markets. Revista Brasileira de Gestão de Negocios, v. 15, n. 46, p. 76–90, 2013.

LEHMANN, N. The role of corporate governance in shaping accruals manipulation prior to acquisitions The role of corporate governance in shaping accruals manipulation prior to acquisitions. Accounting and Business Research, v. 4788, n. March, 2016.

LEUZ, C.; NANDA, D.; WYSOCKI, P. D. Earnings management and investor protection : an international comparison. Journal of Financial Economics, p. 0–33, 2003.

MARTINEZ, A. L. Detectando earnings management no brasil : estimando os accruals discricionários. Revista Contabilidade & Finanças-USP, v. 19, n. 49, p. 7–17, 2008.

MARTINEZ, A. L.; MORAES, A. DE J. Relationship between auditors’ fees and earnings management. Revista de Administração de Empresas, v. 57, n. 2, p. 148–157, 2017.

MARTINS, M. N. DA S. P.; CAMPOS, A. L. S.; MARTINS, F. S. Influência dos investimentos sociais para inclusão de empresas no índice de sustentabilidade empresarial (ISE). RGSA - Revista de Gestão Social e Ambiental, v. 10, p. 58–71, 2016.

NARDI, P. C. C.; NAKAO, S. H. Gerenciamento de resultados e a relação com o custo da dívida das empresas brasileiras abertas. Revista Contabilidade & Finanças-USP Contabilidade, v. 20, n. 50, p. 77–100, 2009.

NUNES, J. G. et al. A adesão das empresas ao índice BM&FBovespa de sustentabilidade empresarial. BASE – Revista de Administração e Contabilidade da Unisinos, v. 7, n. 4, p. 328–340, 2010.

PEIXOTO, F. M. et al. Custo de capital, endividamento e sustentabilidade empresarial: um estudo no mercado de capitais brasileiro no período de 2009 a 2013. RACE-Revista de Administração, Contabilidade e Economia, v. 15, n. 1, p. 39–66, 2016.

PRIOR, D.; SURROCA, J.; TRIBÓ, J. A. Earnings Management and Corporate Social Responsibility. Business Economics Series, v. 06, p. 06–23, 2007.

RAHMAWATI; DIANITA, P. Analysis of the effect of corporate social responsibility on financial performance with earnings management as a moderating variable. Journal of Modern Accounting and Auditing, v. 7, n. 10, p. 1034–1045, 2011.

RATHKE, A. A. T. et al. International financial reporting standards and earnings management in latin america. Revista de Administração Contemporânea, v. 20, n. 3, p. 368–388, 2016.

REIS, E. M. DOS; LAMOUNIER, W. M.; BESSAN, V. G. F. Evitar divulgar perdas : um estudo empírico do gerenciamento de resultados por meio de decisões operacionais. Revista Contabilidade & Finanças-USP, v. 26, n. 69, p. 247–260, 2015.

REZAEE, Z.; TUO, L. Voluntary disclosure of non-financial information and its association with sustainability performance. Advances in Accounting, v. 39, n. May 2016, p. 47–59, 2017.

SANDRIN, R. A.; SOARES, R. O. Gerenciamento de resultados en empresas latino-americanas com adr’s negociados nos Estados Unidos. Revista de contabilidade e controladoria, n. 2003, p. 113–127, 2012.

SANTOS, J.; BARROS, C. O que determina a tomada de decisão financeira: razão ou emoção? Revista Brasileira de Gestão de Negócios, v. 13, n. 38, p. 663–679, 2011.

SIEW, R. Y. J. A review of corporate sustainability reporting tools ( SRTs ). Journal of Environmental Management, v. 164, p. 180–195, 2015.

SILVA, N. D. Fatores determinantes do gerenciamento de resultados em estatais brasileiras. [s.l.] Universidade Federal de Uberlândia, 2017.

SILVA, R. L. M. Adoção completa das IDRS no Brasil: Qualidade das demostrações contábeis e o custo de capital próprio. [s.l.] Universidade de São Paulo, 2013.

SPRENGER, K. B.; KRONBAUER, C. A.; COSTA, C. M. Características do CEO e o gerenciamento de resultados em empresas listadas na BM&FBovespa. Revista Universo Contábil, v. 13, n. 3, p. 120–142, 2017.

WEBER, O. Corporate sustainability and financial performance of Chinese banks. Sustainability Accounting, Management and Policy Journal, v. 8, n. 3, p. 358–385, 2017.

YIP, E.; STADE, C. VAN; CAHAN, S. Corporate social responsibility reporting and earnings management: the role of political costs. Australasian Accounting Business & Finance Journal, v. 5, n. 3, p. 17–34, 2011.




DOI: https://doi.org/10.15603/1982-8756/roc.v16n32p125-154

Revista Organizações em Contexto (ROC) - Programa de Pós-Graduação em Administração - PPGA - Faculdade de Administração e Economia - FAE - Universidade Metodista de São Paulo - UMESP.

ISSN Versão Eletrônica 1982-8756

ISSN Versão Impressa 1809-1040 (2005-2008)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.