Avaliação das práticas de Tecnologia da Informação Verde em uma indústria de adubos, fertilizantes e produtos plásticos da cidade de Cascavel-Paraná

Ingrid Zanuto de Freitas, Solange Maria Debastiani, Belquis Oliveira Meireles, Sandra Mara Stocker Lago

Resumo


Esta pesquisa teve como objetivo avaliar a utilização de práticas de tecnologia da informação verde em uma indústria de adubos, fertilizantes e produtos plásticos da cidade de Cascavel-PR. Trata-se de uma pesquisa descritiva, bibliográfica e de levantamento com método quantitativo, em qual foram aplicados questionários para a gestora do setor de TI da empresa e demais gestores e funcionários da divisão administrativo-financeira, adaptados do estudo de Lunardi, Alves e Salles (2014), Lunardi, Simões e Frio (2014) e outros estudos sobre sustentabilidade e TI. Mesmo com boas práticas em relação à TI verde mostradas na avaliação, pôde-se verificar que o baixo conhecimento sobre o tema TI verde de ambas as partes influencia no fato da organização não estar explorando todos os aspectos que a TI verde propõe, e também no fato da organização poder não estar implementando e desenvolvendo as práticas mais eficazes e que mais se adéquam ao seu negócio, o que pode causar desperdício de dinheiro e recursos. Conclui-se que se o tema TI verde for inserido de forma efetiva no setor de TI da organização, será possível elaborar políticas, ações e estratégias bem definidas e promover o comprometimento de todos, fazendo com que a organização possa contemplar ao mesmo tempo os benefícios ambientais, sociais e econômicos para o empreendimento.

Palavras-chave


Sustentabilidade; Tecnologia da Informação; Tecnologia da Informação Verde

Texto completo:

PDF

Referências


DIAS, G. F.; RAMOS, A. S. M.; NETO, R. A. S.; BASTOS, E. M. Tecnologia da Informação Verde: estudo à luz da teoria crença-ação-resultado. RAE-Revista de Administração de Empresas. v. 57, n. 6, p. 585-600, 2017.

DIAS, J. A. S. Gestão verde de tecnologia da informação e comunicação: fatores que influenciam a sua adoção em grandes empresas usuárias no Brasil. 2013. Tese de Doutorado. Fundação Getúlio Vargas.

ELKINGTON, J. Sustentabilidade, canibais com garfo e faca. São Paulo: M. Books, 2012.

FARIA, A. C.; MARTINS, M. S.; SIQUEIRA, L. D. TI verde: mito ou realidade na indústria digital brasileira. Revista Eletrônica de Sistemas de Informação. v. 16, n. 1, p.1-22, 2016.

FAUCHEUX, S.; NICOLAI, I. IT for green and green IT: A proposed typology of eco-innovation. EconPapers – Economics at your fingertips. v. 70, p. 2020-2027, 2011.

FERREIRA, C. C. Introdução à Gestão Sustentável em TI: Estudo de Caso. p. 17, 2014.

FORTIN, M. F. O processo de investigação: da concepção à realização. 3.ª ed. Loures: Lusociência, 2003.

GIANELLI, A. Práticas sustentáveis em TI verde no Instituto Federal de São Paulo: limites e possibilidades. Dissertação de Mestrado. Centro Universitário das Faculdades Associadas de Ensino – FAE, 2016.

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 5.ed. São Paulo: Atlas, 1999.

GONÇALVES, M. B.; ZOTELLI, O. Z.; PAIVA, D. M. B. Sustentabilidade em Empresas de Tecnologia da Informação. Faculdade de Computação - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), 2010.

GUPTA, S. Computing with Green responsability. In: ICWET. Proceedings of the International Conference and Workshop on Emerging Trends in Technology. New York, USA, p. 234-236, 2010.

HARMON, R. R.; DEMIRKAN, H.; RAFFO, D. Roadmapping the Next Wave of Sustainable IT. Foresight: The Journal of Future Studies, Strategic Thinking and Policy. In press, 2012.

ITAUTEC, e sustentabilidade. Guia para o gestor de TI sustentável. 1ª ed. Março 2011. Disponível em: Acesso em: 11 jun. 2017.

JAYO, M. Por uma TI mais verde. GV-executivo, [S.l.], v. 9, n. 1, p. 52-57, Jan. 2010. Disponível em: Acesso em: 17 Mai. 2017.

JENKIN, T. A.; WEBSTER, J.; MCSHANE, L. An agenda for “green” information technology systems research. Information and Organization, v. 21, n. 1, p. 17-40, 2011.

KEEN, P. G. W. Information technology and the management theory: the fusion map. IBM Systems Journal, v. 32, n. 1, p. 17-38, 1993.

KIM, Y. S.; KO, M. Identifying Green IT leaders with financial and environmental performance indicators. Proceedings of the Americas Conference on Information Systems (AMCIS), Lima, Peru. 2010.

LAURINDO, F. J. B. Tecnologia da informação: planejamento e gestão de estratégias. São Paulo: Atlas, 2008.

LUNARDI, G. L.; ALVES, A. P. F.; SALLES, A. C. Desenvolvimento de uma escala para avaliar o grau de utilização da tecnologia da informação verde pelas organizações. 2014.

LUNARDI, G. L.; FRIO, R. S. Sustentabilidade e tecnologia da informação: um estudo sobre os principais benefícios obtidos por empresas que adotaram TI verde. 2012.

LUNARDI, G. L.; FRIO, R. S.; BRUM, M. Tecnologia da informação e sustentabilidade: levantamento das principais práticas verdes aplicadas à área de tecnologia. Gerais: Revista Interinstitucional de Psicologia. v. 4, p.159-172, 2011.

LUNARDI, G. L.; SIMÕES, R.; FRIO, R. S. TI verde: uma análise dos principais benefícios e práticas utilizadas pelas organizações. 2014.

MALHOTRA, N. Pesquisa de marketing. 3.ed. Porto Alegre: Bookman, 2001.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Técnicas de Pesquisa. 5ª ed. São Paulo: Atlas, 2002.

MELVILLE, N. Innovation for Environmental Sustainability. MIS Quarterly. v. 34, n. 1, p. 1-21, 2010.

MOLLA, A.; COOPER, V.; CORBITT, B.; DENG, H.; PESZYNSKI, K.; PITTAYACHAWAN, S.; TEOH, S. E-readiness to Greadiness: Developing a green information technology readiness framework. 19th Australasian Conference on Information Systems, 2008.

MURUGESAN, S. Harnessing green IT: principles and practices. IT Professional, v. 10, n. 1, p. 24-33, 2008.

NUNES, A. C. P.; CHAGAS, A. C.; CAMILO, A.; SANTOS, N. M. A TI verde na sociedade atual. Enucomp, 2012.

OLIVEIRA, A. A. Desafios e estratégias para adoção de TI Verde nas organizações: o caso do Sistema FIERN. In XV Simpósio de Engenharia de Produção, Bauru. XV SIMPEP, 2008.

OZTURK, A.; UMIT, K.; MEDENI, I. T.; UCUNCU, B.; CAYLAN, M.; AKBA, F.; MEDENI, T. D. Green ICT (Information and Communication Technologies): a review of academic and practitioner perspectives. International Journal Of eBusiness And eGovernment Studies, v. 3, n. 1, 2011.

PARAÍSO, M. R. A.; SOARES, T. O. R.; ALMEIDA, L. A. Desafios e Práticas para a Inserção da Tecnologia da Informação Verde nas Empresas Baianas: um estudo sob a perspectiva dos profissionais de Tecnologia da Informação. Revista de Gestão Social e Ambiental, v. 3, n. 3, p. 85-101, 2009.

PEREIRA, G. R. B. Práticas da TI verde que contribuem para o desenvolvimento sustentável: um estudo de caso em indústrias do RN. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal do Rio Grande do Norte, 2009.

PINSONNEAULT, A.; KRAEMER, K. Survey research in management information systems: an assessement. Journal of Management Information System, p. 1-42, 1993.

PINTO, A. S.; LOUZA, F. A.; TEIXEIRA, J. W. Computadores, Sustentabilidade e Meio Ambiente. Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação - Universidade de São Paulo, 2010.

PINTO, T. M. C.; SAVOINE, M. M. Estudo sobre TI verde e sua aplicabilidade em Araguaína. Revista Científica do ITPAC, v. 4, n. 2. Abril de 2011.

REZENDE, D. A. Tecnologia da Informação aplicada a sistemas de informação empresariais: o papel estratégico da informação e dos sistemas de informação nas empresas. 3.ed. São Paulo: Atlas, 2003.

ROSA, M. R.; SMEK, D. J. Práticas sustentáveis para utilização de recursos de TI na Administração Pública Federal. Revista Gestão & Tecnologia. v. 17, n. 3, p. 267-291, 2017.

SALLES, A. C.; ALVES, A. P. F.; DOLCI, P. C.; LUNARDI, G. L. Adoção de práticas de TI Verde nas organizações: um estudo baseado em minicasos. Anais do Encontro de Administração da Informação (EnADI), Bento Gonçalves, RS, Brasil, 2013.

SANTOS, H. D. TI verde: interesses organizacionais e tecnologia da informação alinhados pela sustentabilidade. Monografia (Tecnólogo em Informática para Gestão de Negócios). Faculdade de Tecnologia da Zona Leste, São Paulo, 2010.

SCHMIDT, N.; EREK, K.; KOLBE, L.; ZARNEKOW, R. Predictors of Green IT Adoption: Implications from an Empirical Investigation. AMCIS 2010 Proceedings, 2010.

SCHULZ, M. A.; SILVA, T. N. TI verde e eficiência energética em datacenters. Revista de Gestão Social e Ambiental, v. 6, n. 2, p. 121-133, 2012.

SILVA, L. S. A.; QUELHAS, O. L. G. Sustentabilidade Empresarial e o Impacto no Custo de Capital Próprio das Empresas de Capital Aberto. GESTÃO & PRODUÇÃO, v. 13, n. 3, p. 385-395, set./dez. 2006.

SILVA, M. R. P.; ZANETI, G. B.; ZAGO, M. G.; SOUZA, A. N. TI verde: princípios e práticas sustentáveis para aplicação em universidades. Anais… SIMPÓSIO BRASILEIRO DE SISTEMAS ELÉTRICOS, Belém, p. 1-6, 2010.

VASQUES, E. TI Sustentável: Sementes do agora. B2B Magazine. Ano 6, n. 77, 2007.

WATSON, R. T.; BOUDREAU, M. C.; CHEN, A. Information systems and environmentally sustainable development: Energy informatics and new directions for the IS community. MISQ, v. 34, n. 1, p. 23-38, 2010.

WATSON, R. T.; BOUDREAU, M. C.; CHEN, A.; HUBER, M. Green IS: building sustainable business practices. Information Systems: A Global Text, 2008.




DOI: https://doi.org/10.15603/1982-8756/roc.v16n32p45-75

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários


Revista Organizações em Contexto (ROC) - Programa de Pós-Graduação em Administração - PPGA - Faculdade de Administração e Economia - FAE - Universidade Metodista de São Paulo - UMESP.

ISSN Versão Eletrônica 1982-8756

ISSN Versão Impressa 1809-1040 (2005-2008)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.