A educação ambiental apresentada na BNCC e no PCN: uma breve análise

Bárbara Mitsuko Zukeram Fujioka, Luciana Aparecida Nogueira da Cruz, Edilson Moreira de Oliveira

Resumo


O presente artigo tem por objetivo analisar como os conteúdos de ciências de documentos curriculares brasileiros propõem o desenvolvimento da Educação Ambiental e da cidadania. Os documentos pesquisados foram os Parâmetros Curriculares Nacionais para o Terceiro Ciclo do Ensino Fundamental e a Base Nacional Comum Curricular para o sexto e sétimo ano do Ensino Fundamental. Utilizando a abordagem qualitativa, foi feita a seleção de trechos relacionados a temática ambiental e posterior análise crítica desses. Os resultados indicam que os documentos pouco contribuem para a Educação Ambiental, pois eles se restringem em propor uma abordagem sistematizada, vaga e conteudista desta. Dessa forma, pouco se oportuniza aos estudantes o desenvolvimento da cidadania, ou seja, a experiência e o entendimento de que as práticas sociais, desenvolvidas coletivamente, são o que efetivamente contribuem para a construção de uma sociedade mais justa e mais sustentável. Concluindo, os conteúdos de ciências de ambos os documentos se apresentam como uma forma de desenvolver trabalhadores que reproduzem o modelo de sociedade atual que é pautada na desigualdade e na exploração e desvalorização do meio ambiente.

 

 


Palavras-chave


Educação Ambiental; cidadania; meio ambiente; Parâmetros Curriculares Nacionais; BNCC.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15603/1679-8104/ce.v20n40p147-166

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.