A primeira viagem missionária de Paulo: uma análise narrativa e as perspectivas das fronteiras culturais

Leandro Miranda de Paula, Sérgio Prates

Resumo


Este ensaio tem como objetivo analisar a narrativa da primeira viagem missionária relatada no bloco literário de Atos dos Apóstolos, 13-14 considerando seus eventos para compreender a origem da evangelização aos gentios e as influências da cultura popular na concepção para a vida e as suas influências para concepção do texto canônico. Tal análise parte de um estudo narrativo verificando as fronteiras culturais, conceituando os estruturalistas russos como M. Bakhtin e I. Lotman, buscando elementos fundamentais para compreender o cristianismo primitivo.

Palavras-chave


Viagem; cristianismo primitivo; Paulo; Barnabé; fronteiras culturais; identidade

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15603/1807-8222/oracula.v11n16p103-123

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.