Políticas Editoriais

Foco e Escopo

Princípios Gerais

1. A Revista Cadernos de Direito é um veículo do Programa de Pós-Graduação em Direito da Universidade Metodista de Piracicaba, cujo objetivo é publicar textos acadêmicos que tratem do tema do Direito em sua complexidade, abrangendo suas dimensões políticas, filosóficas, sociológicas e históricas.

2. A Cadernos de Direito é semestral e aceita colaborações sob a forma de:

  • Ensaio/Artigo (12 a 30 laudas) - reflexão a partir de pesquisa bibliográfica ou de campo sobre determinado tema;
  • Comunicação (10 a 18 laudas) - relato de pesquisa de campo, concluída ou em andamento;
  • Revisão de literatura (8 a 12 laudas) - levantamento crítico de um tema, a partir da bibliografia disponível;
  • Resenha (2 a 4 laudas) - comentário crítico de livros e/ou trabalhos acadêmicos;
  • Debate (3 a 4 laudas) - confronto entre posições antagônicas a respeito de um tema da atualidade.
  • Comentário (4 a 6 laudas) - nota sobre determinado tópico;

Obs.: cada lauda compreende 1.400 toques, incluindo-se os espaços entre palavras.

3.  Os artigos devem ser inéditos, vedado o seu encaminhamento simultâneo a outras revistas.

4.  Encaminhamento para submissão de artigo à Comissão Editorial da Cadernos de Direito:

(a)  Os textos devem ser enviados pelo sistema online.

(b)  Para submeter o artigo, os autores devem se cadastrar no portal: <https://www.metodista.br/revistas/revistas-unimep/index.php/direito>

5. Uma vez aceito o artigo, cabe à revista a exclusividade em sua publicação.

6.  Os artigos podem sofrer alterações editoriais não substanciais (reparagrafações, correções gramaticais, adequações estilísticas e editoriais).

 

 

 

Processo de Avaliação por Pares

1.  Na análise para a aceitação de um artigo serão observados os seguintes critérios, sendo o autor informado do andamento do processo de seleção:

  • Adequação ao escopo da revista;
  • Qualidade científica, atestada pela Comissão Editorial e por processo anônimo de avaliação por pares

        (blind peer review), com consultores não remunerados, especialmente convidados, cujos nomes são     

        divulgados anualmente, como forma de reconhecimento;

  • Cumprimento das presentes Normas para Publicação.

 

Periodicidade

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

 

Conselho Científico

 

 

Políticas de Seção

Expediente

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Editorial

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Artigos

Insira aqui a política desta seção

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Ensaio

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Resenha

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Normas para Publicação

Verificado Submissões abertas Não verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Nossos Consultores

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Índice Cronológico

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Edições Anteriores

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Prefácio

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Permuta

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Próximas Publicações

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Sumário

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Crônica

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Errata

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Entrevista

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Comentário

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Autor convidado

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

1.  Na análise para a aceitação de um artigo serão observados os seguintes critérios, sendo o autor informado do andamento do processo de seleção:

  • adequação ao escopo da revista;
  • qualidade científica, atestada pela Comissão Editorial e por processo anônimo de avaliação por pares (blind peer review), com consultores não remunerados, especialmente convidados, cujos nomes são divulgados anualmente, como forma de reconhecimento;
  • cumprimento das presentes Normas para Publicação.

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

 

Conselho Científico

 

Normas para publicação

Revista Cadernos de Direito

Princípios Gerais

A Revista Cadernos de Direito é um veículo do Curso de Mestrado em Direito da Universidade Metodista de Piracicaba, cujo objetivo é publicar textos acadêmicos que tratem do tema do Direito em sua complexidade, abrangendo suas dimensões políticas, filosóficas, sociológicas e históricas.

2. A Cadernos de Direito é semestral e aceita colaborações sob a forma de:

  • Ensaio/Artigo (12 a 30 laudas) - reflexão a partir de pesquisa bibliográfica ou de

campo sobre determinado tema;

  • Comunicação (10 a 18 laudas) - relato de pesquisa de campo, concluída ou em

andamento;

  • Revisão de literatura (8 a 12 laudas) - levantamento crítico de um tema, a partir

da bibliografia disponível;

  • Resenha (2 a 4 laudas) - comentário crítico de livros e/ou trabalhos acadêmicos;
  • Debate (3 a 4 laudas) - confronto entre posições antagônicas a respeito de um

tema da atualidade.

  • Comentário (4 a 6 laudas) - nota sobre determinado tópico;

Obs

 .: cada lauda compreende 1.400 toques, incluindo-se os espaços entre palavras.

3. Os artigos devem ser inéditos, vedado o seu encaminhamento simultâneo a outras revistas.

4. Na análise para a aceitação de um artigo serão observados os seguintes critérios, sendo o autor informado do andamento do processo de seleção:

  • Adequação ao escopo da revista;
  • Qualidade científica, atestada pela Comissão Editorial e por processo anônimo

de avaliação por pares

(blind peer review), com consultores não remunerados, especialmente convidados, cujos nomes são divulgados anualmente, como forma de reconhecimento;

  • Cumprimento das presentes Normas para Publicação.

 5. Encaminhamento para submissão de artigo à Comissão Editorial da Cadernos de Direito:

Os textos devem ser enviados pelo sistema online.

Para submeter o artigo, os autores devem se cadastrar no portal:

 

6. Etapas de trâmite dos artigos: (a) São designados dois nomes para pareceristas, por processo blind peer review; (b) os pareceres serão analisados pela Comissão, chegando-se a uma avaliação final: "indicado para publicação", "indicado com ressalvas" ou "recusado"; (c) o autores serão informados deste resultado; (d) se indicado para publicação "com ressalvas", o artigo deve ser novamente submetido à Comissão: os trechos alterados devem ser realçados por cor ou sublinhados; essa nova versão será enviada em arquivo eletrônico; (e) eventuais ilustrações devem ser encaminhadas separadamente, em seus respectivos arquivos eletrônicos em suas extensões originais; (f) antes da publicação, o autor recebe versão final do texto para análise.

 7. Uma vez aceito o artigo, cabe à revista a exclusividade em sua publicação.

 8. Os artigos podem sofrer alterações editoriais não substanciais (reparagrafações, correções gramaticais, adequações estilísticas e editoriais).

 9. A publicação dos trabalhos na revista implica automaticamente na cessão de direitos autorais em favor de Cadernos de Direito. Não há remuneração pelos trabalhos.

Estrutura

10. Elementos do artigo

a) Identificação

b) Resumo e palavras-chave

c) Texto

d) Anexos

e) Documentação

Notas explicativas: serão dispostas no rodapé, remetidas por números sobrescritos no corpo do texto.

Citações: Conforme Norma NBR 10520/02 da ABNT, as citações diretas até três linhas devem ser inseridas no parágrafo pertinente e transcritas entre aspas. Citações diretas com mais de três linhas devem ser digitadas com recuo de 4 cm da margem esquerda, fonte diminuída (sugerimos Times New Roman, 11) e espaço simples e sem aspas.

Nas citações do sistema numérico ou autor-data, as entradas pelo sobrenome do autor, pela instituição responsável ou título incluído na sentença devem ser em letras maiúsculas e minúsculas; observando-se a seguinte diferenciação: a) quando estiverem entre parênteses devem ser em letras maiúsculas:

Exemplo:

"As culturas humanas são simbólicas na medida em que são fundadas sobre, e corporificam, um conjunto sistematicamente inter-relacionado de idéias a respeito do sentido da vida" (BROCKELMAN, 2001, p. 51).

Quando estiverem no corpo do texto, devem ser usadas letras minúsculas, exemplo:

Werner Jaeger (1986, p. 75) afirma que "a crença de que a educação espartana era uma preparação militar unilateral deriva da Política de Aristóteles".

No caso de até três autores:

Quando a indicação dos autores estiver no corpo do texto, escrever os sobrenomes dos autores, exemplo:

Coll, Marchesi e Palácios (2004, p.)

Após a citação, os sobrenomes dos autores devem vir entre parênteses, separados por ponto-e-vírgula, exemplo:

(COLL; MARCHESI; PALACIOS, 2004, p.)

* No caso de mais de três autores escreve-se o nome do autor principal, seguido da expressão et al.

Citação direta de até três linhas:

Esta citação pode ser inserida no próprio parágrafo, entre aspas. Observar rigorosamente as indicações bibliográficas.

Citação direta com mais de três linhas:

Aparece em parágrafo separado, com tamanho de letra menor que as letras utilizadas no texto, espaço simples de entrelinhas a 4 cm da margem esquerda do texto e pratica-se dois espaços entre os parágrafos anterior e posterior.

Citação de fonte:

Utilizar o sistema autor-data previsto na norma NBR 10520/02 da ABNT, conforme exemplos abaixo:

 

Citação livre

Putnam (1973) sugere que...

 

 

 

Citação textual:

Após a citação colocar os seguintes dados:

(SOBRENOME DO AUTOR, ano da obra, página).

Exemplo:

Entender a política social no Brasil é conhecer as diversas transformações histórico-estruturais que o Estado atravessa ao longo de sua existência. E falar do planejamento da política social implica o conhecimento dos planos do governo elaborados nesse sentido. (LIMA, 1982, p.21).

Quando o nome do autor está presente no texto, o sobrenome deve vir com letras minúsculas. Por exemplo:

Lima (1982, p.21) afirma

Entender a política social no Brasil é conhecer as diversas transformações histórico-estruturais que o Estado atravessa ao longo de sua existência. E falar do planejamento da política social implica o conhecimento dos planos do governo elaborados nesse sentido.

Quando forem citados dois autores com o mesmo sobrenome, diferenciá-los da seguinte forma:

(BARBOSA, C., 1958)

(BARBOSA, O., 1958)

Quando forem citadas obras do mesmo autor, publicadas no mesmo ano, diferenciá-las da seguinte forma:

(RESIDE, 1927a)

(RESIDE, 1927b)

As letras "a" e "b" também deverão aparecer nas referências.

Notas de rodapé

As notas de rodapé servem para ilustrar o texto, sem quebrar a sequência argumentativa. Devem ser digitadas dentro das margens, ficando separadas do texto por um espaço simples de entrelinhas e por filete de 3 cm, a partir da margem esquerda. A letra utilizada é menor que o tamanho da letra usada no texto. Inicia-se na mesma margem do parágrafo do texto e usa-se espaço simples de entrelinhas.

Referências: As Referências, apenas das obras citadas no texto, são limitadas a 30 e devem constar ao final do trabalho, corpo 12, fonte Times New Roman, em espaço simples, e espaço duplo entre elas, seguindo a norma da ABNT NBR 6023/2002.

Obs: Existe uma ferramenta chamada MORE gratuita e fácil de usar, que produz automaticamente citações no texto e referências no formato ABNT, para quinze (15) tipos de documentos, a partir de formulários próprios, selecionados em um menu principal. Os documentos cobertos pelo mecanismo são os mais usados no meio acadêmico: livros, dicionários, enciclopédias, teses e dissertações, artigos de revistas, artigos de jornais, nos formatos impresso e eletrônico, além dos documentos exclusivos em meio eletrônico: home-page e e-mail. Link para os interessados:

< http://novo.more.ufsc.br/suporte/informacoes>.

Exemplos:

Livro:

Um autor:

ALLEN, C. L. A psiquiatria de Deus: fórmulas seguras para se conseguir e manter a saúde mental e espiritual. 5. ed. Venda Nova: Bethânia, 1981.

POPKEWITZ, T. S. Reforma educacional: uma política sociológica - poder e conhecimento em educação. Porto Alegre: Artes Médicas, 1997.

Dois autores:

CRESPI, F.; FORNARI, F. Introdução à sociologia do conhecimento. Trad. Antonio Angonese. Bauru: Edusc, 2000.

Três autores:

COLL, C.; MARCHESI, A.; PALACIOS, J. Desenvolvimento psicológico e educação. Trad. Fátima Murad. 2. ed. Porto Alegre: Artmed, 2004.

Mais de três autores:

Colocar o nome do autor principal, seguido da expressão et al.

 

Capítulo de livro:

POPKEWITZ, T. S. História do currículo, regulação social e poder. In: SILVA, T. T. da (Org.). O sujeito da educação: estudos foucaultianos. Petrópolis: Vozes, 1994 (Ciências sociais da educação) ISBN 85.326.1317-9.

Autor do capítulo é o mesmo do livro:

SILVA, T. T. da. Monstros, fantasmas e clones: os fantasmas da Pedagogia Crítica. In: _____. Pedagogia dos Monstros: os prazeres e os perigos da confusão de fronteiras. Belo Horizonte: Autêntica, 2000. Cap. 1, p.11-21.

Várias obras de um mesmo autor:

Colocar o nome da obra mais recente, as demais obras devem vir em ordem decrescente de data, substituindo-se o nome pelo traço (teclar 6 vezes espaço) e ponto final; exemplo:

FREIRE, P. Educação como prática de liberdade. 14 ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1983.

______. Pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1974.

Documento com autoria institucional:

ORGANIZAÇÃO INTERNACIONAL DO TRABALHO. Adaptação de ocupações e o emprego do portador de deficiência. Tradução de E. A da Cunha. Brasília, DF: CORDE, 1997. 182 p.

Enciclopédias:

TROPICA color encyclopedia of exotic plants and trees from the tropics and subtropics. East Rutherford: Roehrs, 1978. 1119 p.

Sites:

CUNHA, E. Os Sertões. São Paulo: três 1984. Disponível em: http://users.cmg.com.br>. Acesso em: 4 jun.2001.

CD-ROM (Livros):

LORENZI, H.; SOUZA, H. M. Plantas ornamentais no Brasil: arbustivas, herbáceas e trepadeiras. Nova Odessa: Plantarum, 1996. 1 CD.

ALTOÉ, A. O trabalho do facilitador no ambiente logo. In: VALENTE, J. A. ( Org). O professor no ambiente logo: formação e atuação. Campinas: Ed. UNICAMP, 1996. p. 71-89.

Dissertação/tese trabalho de conclusão de curso:

AGUIAR, A. G. A pedagogia da formação dos leigos católicos. 1996. 2 v. Tese (Doutorado em Educação) - Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 1996.

Trabalhos publicados em eventos: seminários, encontros, mesas redondas, simpósios, conferências: (3 exemplos):

GARCIA, M.O. Formación, actividades y perspectivas de las profesionales en nutrición. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE NUTRICIONISTAS, 3.; ENCONTRO LATINO-AMERICANO DE NUTRICIONISTAS, 1., 1965, Rio de Janeiro: Anais... Rio de Janeiro: Associação Brasileira de Nutricionistas, 1968. p. 283-292

DAL MORO, E.T.L. Educação especial brasileira frente à política nacional: definições e princípios norteadores. In: CONGRESSO IBERO-AMERICANO DE EDUCAÇÃO ESPECIAL, 3., 1998, Foz do Iguaçu. Anais... Foz do Iguaçu: Ministério de Educação e do Desporto, Secretaria de Educação Especial, 1998. v. 02, p. 250-251.

Artigo em Periódico:

Com um autor:

TRIGUEIRO, D. Expansão do ensino superior. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Brasília, Mec/Inep, v. 108. p. 209-234. Out/dez, 1967.

Com dois autores:

MAIA, N.B.; FURLANI, A. M. C. Especiarias, aromáticas e medicinais. Boletim Técnico do Instituto Agronômico de Campinas, Campinas, n. 100, p. 75-76, 1996.

Em formato de documento eletrônico:

SOUZA, F. C. Formação de bibliotecários para uma sociedade livre: University education or librarians for a free society. Encontros BIBLI. Revista de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Florianópolis, n. 11, p. 1-13, jun. 2001. Disponível em: < http://www.encontros-bibli.ufsc.br>. Acesso em: 30 jun. 2001.

Artigo publicado em Jornal:

Constando a identificação do autor:

LEITE, F. Ovelhas nascem de ovários congelados. Folha de S. Paulo, 30 jun. 2001. Folha Ciência, p. 10.

 

Na ausência do nome do autor:

DÓLAR tem alta de 0,52% e bolsa sobem 1,17%. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 30 jun. 2001. Caderno B, p. 13.

Documentos Eletrônicos:

Homepages: três exemplos abaixo:

Mencionar os dados da obra-autor, título, órgão que disponibiliza, data, endereço eletrônico e data de acesso.

ROSALEN, M.; GÓES, M. C. A informática na Educação infantil: possibilidades e equívocos. Comunicações, Piracicaba, n 2, nov. 2001. Disponível em: ‹ http:// www.unimep.br/fe/revcomunica/› Acesso em: 14 abr. 2001.

VASCONCELOS, J. L. M. Influência da nutrição sobre performance reprodutiva em gado leiteiro (energia, 2a. parte). Piracicaba. Agripoint, 2001. Apresenta textos sobre pecuária de leite no Brasil. Disponível em: < http://www.milkpoint.com.br> . Acesso em: 4 jun. 2001

DENNETT, D. The myth of double transduction. Disponível em ‹http://www.tufts.edu/~dennett/tran. › Acesso em 7 de jan. de 2001.

Publicação com dados incompletos:

Considerando a falta de um elemento a ser citado, e tendo-se a certeza deste dado, ele pode ser colocado entre colchetes. Pode-se utilizar também uma data aproximada.

1) [1993?] - para data provável.

2) [ca. 1963] - para data aproximada.

3) [196-] - para década certa.

4) [19- -] para século certo.

5) [19- -?] para século provável.

6) [196-?] para década provável.

7) [s.d.] - sem data.

8) [S.l.] - sem local.

9) [ s.n.] - sem nome de editor

10) [S.n.t.] - sem local, sem editora e sem data.

11) Os artigos devem ser escritos em português, inglês ou espanhol, podendo, contudo, a critério da Comissão Editorial, serem aceitos trabalhos escritos em outros idiomas.

12) Os trabalhos devem ser digitados no editor de texto Word, em espaço 1,5, corpo 12, fonte Times New Roman, com páginas numeradas.

13) As ilustrações (tabelas, gráficos, desenhos, mapas e fotografias) necessárias à compreensão do texto devem ser numeradas sequencialmente com algarismos arábicos e apresentadas de modo a garantir uma boa qualidade de impressão. Precisam ter título conciso, grafados em letras minúsculas. (a) tabelas: editadas em Word ou Excel, com formatação necessariamente de acordo com as dimensões da revista. Devem vir inseridas nos pontos exatos de suas apresentações ao longo do texto; não podem ser muito grandes e nem ter fios verticais para separar colunas; (b) fotografias: com bom con­traste e foco nítido, sendo fornecidas em arquivos em extensão "tif" ou "gif"; (c) gráficos, figuras, desenhos e mapas: incluídos nos locais exatos do texto. No caso de indicação para publicação, essas ilustrações precisarão ser enviadas em separado, necessariamente em arquivos de seus programas originais (p. ex., em Excel, CorelDraw, PhotoShop, PaintBrush etc.).

Sem a transcrição de palavras do autor. Ex.:

  • ilustrações (tabelas, gráficos, desenhos, mapas e fotografias).
  • deve ter introdução, desenvolvimento e conclusão. Cabe aos autores a criação

dos entretítulos para o seu trabalho. Esses entretítulos não são numerados;

  • no caso de resenhas, o texto deve conter todas as informações para a

identificação do livro comentado (autor; título; tradutor, se houver; edição, se não for a primeira; local, editora; ano; total de páginas; e, se houver, ISBN). No caso de trabalhos acadêmicos a serem resenhados, segue-se o mesmo princípio, no que for aplicável, acrescido de informações sobre a instituição na qual foi produzida. A resenha deverá ter um título.

  • Resumo indicativo e informativo, em português (intitulado resumo) e inglês

(denominado abstract), contendo entre 1.000 e 1.400 toques;

  • para fins de indexação, os autores devem indicar os termos-chave (mínimo de

três e máximo de seis) do artigo, em português (palavras-chave) e inglês (keywords).

  • título (e subtítulo, se for o caso), em português e inglês, contendo o máximo de

80 toques e indicando claramente o conteúdo do texto.

  • Nome dos autores, titulação, área acadêmica em que atuam e e-mail (dados

cadastrados no Portal, porém omitidos na submissão do artigo).

  • subvenção: menção de apoio e financiamento eventualmente recebidos.
  • agradecimento, se absolutamente indispensável.

 

 

 

Indexadores / Indexers

Biblioteke Virtual (BD) - http://www.bibliotekevirtual.org/

Portal de Periódicos Capes (DR) http://www.periodicos.capes.gov.br/