Políticas Editoriais

Foco e Escopo

Revista CIÊNCIA&TECNOLOGIA

Normas para Publicação

 

PRINCÍPIOS GERAIS

1.     A Revista CIÊNCIA&TECNOLOGIA publica, semestralmente, artigos de pesquisa e reflexão acadêmicas, estudos analíticos e resenhas que contribuam para o desenvolvimento científico nas áreas de Ciências Exatas, Engenharias e Tecnologia e de Arquitetura e Urbanismo. Ela é composta a partir das seguintes seções: “Núcleo Temático”, apresentando os artigos com abordagens afins; “Conexões Gerais”, para ensaios; “Comunicações”, para textos curtos e fora dos padrões acadêmicos mais tradicionais; “Resenhas & Impressões”, para, resenhas, críticas, debates e comentários em geral.

 

2.     Os artigos podem ser desenvolvidos de acordo com os seguintes tipos de trabalho:

    Ensaio (12 a 30 laudas) – reflexão a partir de pesquisa bibliográfica ou de campo sobre determinado tema.

    Comunicação (10 a 18 laudas) – relato de pesquisa de campo, concluída ou em andamento;

    Revisão de literatura (8 a 12 laudas) – levantamento crítico de um tema, a partir da bibliografia disponível.

    Resenha (2 a 4 laudas) – comentário crítico de livros e/ou trabalhos acadêmicos.

    Debate (3 a 4 laudas) – confronto entre posições antagônicas a respeito de um tema da atualidade.

    Comentário (4 a 6 laudas) – nota sobre determinado tópico.

Obs.: cada lauda compreende 1.400 toques, incluindo-se os espaços entre palavras.

O número de laudas não considera resumo, abstract e palavras-chave.

 

3.     Os artigos devem ser inéditos, vedado o seu encaminhamento simultâneo a outras revistas.

 

4.   Na análise para a aceitação de um artigo serão observados os seguintes critérios, sendo o autor responsável informado do andamento do processo de seleção:

    adequação ao escopo da revista;

    qualidade científica, atestada pela Comissão Científico-Editorial e por processo anônimo de avaliação por pares (blind peer review), com consultores não remunerados, especialmente convidados, cujos nomes são divulgados anualmente, como forma de reconhecimento;

    cumprimento das presentes Normas para Publicação.

5.   Encaminhamento para submissão de artigo à Comissão Científico-Editorial da Revista CIÊNCIA&TECNOLOGIA.

(a)    Os textos devem ser enviados pelo sistema online.

(b)     Para submeter o artigo, os autores devem se cadastrar no portal

https://www.metodista.br/revistas/revistas-unimep/index.php/cienciatecnologia

 

Dúvidas poderão ser tratadas pelos telefones (19) 3124-1620 ou pelo e-mail revct@unimep.br.

 

6. Etapas de trâmite dos artigos: (a) dois nomes externos são designados como pareceristas, por processo blind peer review; (b) os pareceres serão analisados pela Comissão, chegando-se a uma avaliação final: “indicado para publicação”, “indicado com ressalvas” ou “recusado”; (c) o autor responsável receberá as anotações dos pareceristas; (d) se indicado para publicação “com ressalvas”, o artigo deve ser novamente submetido à Editora: os trechos alterados devem ser realçados por cor ou sublinhados; essa nova versão será enviada em arquivo eletrônico, novamente; (e) eventuais ilustrações devem ser encaminhadas separadamente, em seus respectivos arquivos eletrônicos em suas extensões originais; caso a Editora considere necessário; (f) antes da impressão, os autores recebem versão final do texto para análise.

 

7. Uma vez aceito o artigo, cabe à revista a exclusividade em sua publicação.

 

8.   Os artigos podem sofrer alterações editoriais não substanciais (reparagrafações, correções gramaticais, adequações estilísticas e editoriais).

 

9. Não há remuneração pelos trabalhos.

ESTRUTURA

10.Elementos do artigo:

a)   Identificação

    título (e subtítulo, se for o caso), em português e inglês: conciso, contento o máximo de 80 toques e indicando claramente o conteúdo do texto.

• Nome dos autores, titulação, área acadêmica em que atuam e e-mail. (dados cadastrados no Portal, porém omitidos no arquivo de submissão do artigo).

    subvenção: menção de apoio e financiamento eventualmente recebidos.

    agradecimento, se absolutamente indispensável.

 

b)   Resumo e palavras-chave

    Resumo indicativo e informativo, em português (intitulado resumo) e inglês (denominado abstract), com no mínimo 1.000 ou máximo 1400 toques.

    Para fins de indexação, os autores devem indicar as palavras-chave (mínimo de três e máximo de seis) do artigo, em português (palavras-chave) e inglês (keywords).

     

c)   Texto

      O texto pode ser escrito em português, inglês ou espanhol. Contudo, a critério da Comissão Editorial, poderão ser aceitos trabalhos escritos em outros idiomas.

      O artigo deve estar subdividido em: introdução, desenvolvimento, conclusão e referências. Cabe aos autores criar os intertítulos para o seu trabalho: em letras maiúsculas e sem numeração. No caso de Relatos, podem ter as seguintes seções: introdução, metodologia (ou materiais e métodos), resultados, discussões, conclusões, notas e referências.

      No caso de Resenhas, o texto deve conter todas as informações para identificação do livro comentado (autor; título, tradutor, se houver; edição, se não for a primeira; local; editora; ano; total de páginas; título original, se houver, ISBN). No caso de trabalhos acadêmicos (teses/dissertações, etc) segue-se o mesmo princípio, no que for aplicável, acrescido de informações sobre a instituição na qual tiver sido produzida.

      Uma revisão bibliográfica constitui o resultado de levantamento crítico de um tema, a partir da bibliografia atual e representativa da comunidade brasileira e internacional.

   Os trabalhos devem ser digitados no editor de texto Word, em espaço 1,5, corpo 12, fonte Times New Roman, com páginas numeradas.

      As ilustrações (tabelas, gráficos, desenhos, mapas e fotografias) necessárias à compreensão do texto devem ser numeradas sequencialmente com algarismos arábicos e apresentadas de modo a garantir uma boa qualidade de impressão. Precisam ter título conciso, grafados em letras minúsculas. (a) tabelas: editadas em Word ou Excel, com formatação necessariamente de acordo com as dimensões da revista. Devem vir inseridas nos pontos exatos de suas apresentações ao longo do texto; não podem ser muito grandes e nem ter fios verticais para separar colunas; (b) fotografias: com bom contraste e foco nítido, sendo fornecidas em arquivos em extensão “tif” ou “gif”; (c) gráficos e desenhos: incluídos nos locais exatos do texto. No caso de indicação para publicação, essas ilustrações precisarão ser enviadas em separado, necessariamente em arquivos de seus programas originais (p. ex., em Excel, CorelDraw, PhotoShop, PaintBrush etc.). As convenções das figuras, mapas e ilustrações precisam aparecer em sua área interna.

 

d)   Documentação

Notas explicativas: serão dispostas no rodapé, remetidas por números sobrescritos no corpo do texto.[1] desenhos, mapas e fotografias).

   Citação com até três linhas: deve vir no bojo do parágrafo, destacada por aspas (sem itálico), após as quais um número sobrescrito remeterá à nota de rodapé com as indicações do sobrenome do autor, ano da publicação e página em que se encontra a citação.[2]

   Citação igual ou maior a quatro linhas: destacada em parágrafo próprio com recuo de quatro centímetros da margem esquerda do texto (sem aspas) e separado dos parágrafos anterior e posterior por uma linha a mais. Ao fim da citação, um número sobrescrito remeterá à nota de rodapé, indicando o sobrenome do autor, ano da publicação e a página em que se encontra esta citação.[3] Subseqüentes citações da mesma obra devem ser referenciadas abreviadamente, utilizando-se expressões latinas.[4] Se, repetido o autor, mas com outra obra, utiliza-se “idem”.[5]

   Os demais complementos (nome completo do autor, nome da obra, cidade, editora, ano de publicação etc.) constarão das Referências, ao fim de cada artigo, seguindo o padrão abaixo.

   A lista de fontes (livros, artigos etc.) que compõe as Referências deve aparecer no fim do artigo, em ordem alfabética pelo sobrenome do autor e sem numeração, aplicando-se o seguinte padrão:

Livros

SOBRENOME, N.A. (pré-nomes do autor abreviados, sem espaçamento entre eles; até três autores: separar por “;”, mais de três: registrar o primeiro deles seguido da expressão “et al.”). Título: subtítulo. Número da edição. Cidade: Editora, ano completo, volume. Ex.:

ROMANO, G. “Imagens da juventude”. In: LEVI, K. (org.). História dos Jovens. São Paulo: Atlas, 1996.

EHRLICH, E. [1913]. Grundlegung der Soziologie des Rechts. 4. ed. Berlim: Duncker & Humblot, 1989.

GARCIA, E.E.C. et al. Embalagens Plásticas: propriedades de barreira. Campinas: CETES/ITAL, 1984.

RAMOS-DE-OLIVEIRA, N.; ZUIN, A.A.S.; PUCCI, B. (orgs.) Teoria Crítica, Estética e Educação. Piracicaba/Campinas: Editora Unimep/Editora Autores Associados, 2001.

 

    Sobrenomes cuja forma composta é a mais conhecida e sobrenomes espanhóis. Ex.: MACHADO DE ASSIS, J.M.; EÇA DE QUEIROZ, J.M.; GARCÍA MÁRQUEZ, G.; RODRÍGUEZ LARA, J.

    Mais de uma citação de um mesmo autor: após a primeira citação completa, introduzir a nova obra da seguinte forma:

______. Empregabilidade e Educação. São Paulo: Educ, 1997.

    Obras sem autor definido:

Manual Geral de Redação. Folha de S.Paulo, 2. ed. São Paulo, 1987.

  Autor citado em sua obra de outro autor: apud (citado por)

Ex.: SOUSA apud MARTINS, 1990, p. 215.

 

Periódicos

NOME DO PERIÓDICO. Cidade: Órgão publicador. Entidade de apoio (se houver). Data. Ex.:

REFLEXÃO. Campinas: Instituto de Filosofia e Teologia. PUC, 1975.

 

                No todo:

TÍTULO DO PERIÓDICO. Local de Publicação (cidade): Editora, volume, número, mês e ano

VEJA.São Paulo: Editora Abril, v. 31, n. 1, jan. 1998.

                Artigos de revista:

AUTOR DO ARTIGO.[6] “Título do artigo”. Título da revista (abreviado ou não), local de publicação, número do volume, número do fascículo, páginas inicial-final, mês** e ano.

ESPOSITO, I. et al. “Repercussões da fadiga psíquica no trabalho e na empresa”. Revista Brasileira de Saúde, São Paulo, v. 8, n. 32, p. 37-45, out.-dez. 1979.

                Artigos de jornal:

AUTOR DO ARTIGO.* “Título do artigo”. Título do jornal, local de publicação, dia, mês** e ano. Número ou título do caderno, seção ou suplemento e página inicial e final do artigo.

OLIVEIRA, W.P. de. “Judô: educação física e moral”. O Estado de Minas, Belo Horizonte, 17 mar. 1981. Caderno de esporte, p. 7.

Dissertações e Teses

AUTOR. Título: subtítulo. Ano de apresentação. Número de folhas ou volumes. Categoria (Grau e área de concentração). Instituição, local.

RODRIGUES, M. V. “Qualidade de vida no trabalho”. 1989. 180f. Dissertação (Mestrado em Administração). Faculdade de Ciências Econômicas, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte.

Fontes eletrônicas

A documentação de arquivos virtuais deve conter as seguintes informações, quando disponíveis:

·sobrenome e nome do autor;

·título completo do documento (entre aspas);

·título do trabalho no qual está inserido (em itálico);

·data (dia, mês e/ou ano) da disponibilização ou da última atualização;

·endereço eletrônico (url) completo. Disponível em: (entre parênteses angulares: <    >);

·data de Acesso em: .

Exemplos:

Site genérico

LANCASHIRE, I. Home page. 13 set. 1998. Disponível em: . Acesso em: 10 dez. 1998.

Artigo de origem impressa

COSTA, F. Há 30 anos, o mergulho nas trevas do ai-5. O Globo, 6 dez. 1998. Disponível em: . Acesso em: 6 dez. 1998.

Dados/textos retirados de cd-rom

ENCICLOPÉDIA ENCARTA 99. São Paulo: Microsoft, 1999. Verbete “Abolicionistas”. CD-rom.

Artigo de origem eletrônica

CRUZ, U.B. “The Cranberries: discography”. The Cranberries: images. Fev./1997. Disponível em: . Acesso em: 12 jul. 1997.

OITICICA FILHO, F. “Fotojornalismo, ilustração e retórica”. Disponível em: . Acesso em: 6 dez. 1998.

Livro de origem impressa

LOCKE, J. A Letter Concerning Toleration. Translated by William Popple. 1689. Disponível em: .

Livro de origem eletrônica

GUAY, T. A Brief Look at McLuhan’s Theories. Web Publishing Paradigms. Disponível em: . Acesso em: 10 dez. 1998.

KRISTOL, I. Keeping Up With Ourselves. 30 jun./ 996. Disponível em: . Acesso em: 7 ago. 1998.

Verbete

ZIEGER, H.E. “Aldehyde”. The Software Toolworks Multimedia Encyclopedia. Vers. 1.5. Software Toolworks. Boston: Grolier, 1992.

“Fresco”. Britannica Online. Vers. 97.1.1. Mar./1997. Encyclopaedia Britannica. 29 mar. 1997. Disponível em: <http://www. eb.com:180.>

E-mail

BARTSCH, R. Disponível em: “Normas técnicas ABNT - Internet”. Acesso em: 13 nov. 1998. Comunicação pessoal.

Comunicação sincrônica (moos, muds, irc etc.)

ARAÚJO, C.S. Participação em chat no IRC #Pelotas. Disponível em: . Acesso em: 2 set. 1997.

Lista de discussão

SEABROOK, R.H.C. “Community and Progress”. 22 jan. 1994. Disponível em: . Acesso em: 22 jan. 1994.

FTP (File Transfer Protocol)

BRUCKMAN, A. “Approaches to Managing Deviant Behavior in Virtual Communities”. Disponível em: . Acesso em: 4 dez. 1994.

Telnet

GOMES, L. “Xerox’s On-Line Neighborhood: A Great Place to Visit”. Mercury News. 3 maio 1992. telnet lamba.parc.xerox.com 8888, @go #50827, press 13. Acesso em: 5/dez./1994.

Newsgroup (Usenet)

SLADE, R. “UNIX Made Easy”. 26/mar./1996. . Acesso em: 31 mar.1996.

 



[1] Essa numeração será disposta após a pontuação, quando esta ocorrer, sem que se deixe espaço entre ela e o número sobrescrito da nota. Como o empregado nas Referências Bibliográficas, nas notas de rodapé o SOBRENOME dos autores que tenham sido citados deve ser grafado em maiúscula, seguido do ano da publicação da obra correspondente a esta citação. Ex.: CASTRO, 1989.

[2] FARACO; GIL, 1997, p. 74-75.

[3] FARIA, 1996, p. 102.

[4] Ibid., p. 102.

 

Políticas de Seção

Editorial

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Artigos

Insira aqui a política desta seção

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Resenha

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Normas para Publicação

O artigo deve ter entre 12 a 25 páginas,

Verificado Submissões abertas Não verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Nossos Avaliadores

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Agradecimentos

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

São designados dois nomes como pareceristas, por processo blind peer review; (b) recebidos de volta tais pareceres, eles são analisados pela Comissão, chegando-se a uma avaliação final: “indicado para publicação”, “indicado com ressalvas” ou “recusado”; (c) tais decisões são fundamentadas e informadas aos autores; (d) se indicado para publicação “com ressalvas”, o artigo deve ser novamente submetido à Editora: os trechos alterados devem ser realçados por cor ou sublinhados; essa nova versão será enviada em arquivo eletrônico;

 

Periodicidade

Periodicidade de Publicação Semestral, com publicação em maio e novembro, tendo o número médio de 05 manuscritos por edição.

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

 

Arquivamento

Esta revista utiliza o sistema LOCKSS para criar um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes e permite às mesmas criar arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração. Saiba mais...

 

Normas para publicação

Revista CIÊNCIA&TECNOLOGIA

 

PRINCÍPIOS GERAIS

1.     A Revista CIÊNCIA&TECNOLOGIA publica, semestralmente, artigos de pesquisa e reflexão acadêmicas, estudos analíticos e resenhas que contribuam para o desenvolvimento científico nas áreas de Ciências Exatas, Engenharias e Tecnologia e de Arquitetura e Urbanismo. Ela é composta a partir das seguintes seções: “Núcleo Temático”, apresentando os artigos com abordagens afins; “Conexões Gerais”, para ensaios; “Comunicações”, para textos curtos e fora dos padrões acadêmicos mais tradicionais; “Resenhas & Impressões”, para, resenhas, críticas, debates e comentários em geral.

 

2.     Os artigos podem ser desenvolvidos de acordo com os seguintes tipos de trabalho:

    Ensaio (12 a 30 laudas) – reflexão a partir de pesquisa bibliográfica ou de campo sobre determinado tema.

    Comunicação (10 a 18 laudas) – relato de pesquisa de campo, concluída ou em andamento;

    Revisão de literatura (8 a 12 laudas) – levantamento crítico de um tema, a partir da bibliografia disponível.

    Resenha (2 a 4 laudas) – comentário crítico de livros e/ou trabalhos acadêmicos.

    Debate (3 a 4 laudas) – confronto entre posições antagônicas a respeito de um tema da atualidade.

    Comentário (4 a 6 laudas) – nota sobre determinado tópico.

Obs.: cada lauda compreende 1.400 toques, incluindo-se os espaços entre palavras.

O número de laudas não considera resumo, abstract e palavras-chave.

 

3.     Os artigos devem ser inéditos, vedado o seu encaminhamento simultâneo a outras revistas.

 

4.   Na análise para a aceitação de um artigo serão observados os seguintes critérios, sendo o autor responsável informado do andamento do processo de seleção:

    adequação ao escopo da revista;

    qualidade científica, atestada pela Comissão Científico-Editorial e por processo anônimo de avaliação por pares (blind peer review), com consultores não remunerados, especialmente convidados, cujos nomes são divulgados anualmente, como forma de reconhecimento;

    cumprimento das presentes Normas para Publicação.

5.   Encaminhamento para submissão de artigo à Comissão Científico-Editorial da Revista CIÊNCIA&TECNOLOGIA.

(a)    Os textos devem ser enviados pelo sistema online.

(b)     Para submeter o artigo, os autores devem se cadastrar no portal

https://www.metodista.br/revistas/revistas-unimep/index.php/cienciatecnologia

 

Dúvidas poderão ser tratadas pelos telefones (19) 3124-1620 ou pelo e-mail revct@unimep.br.

 

6. Etapas de trâmite dos artigos: (a) dois nomes externos são designados como pareceristas, por processo blind peer review; (b) os pareceres serão analisados pela Comissão, chegando-se a uma avaliação final: “indicado para publicação”, “indicado com ressalvas” ou “recusado”; (c) o autor responsável receberá as anotações dos pareceristas; (d) se indicado para publicação “com ressalvas”, o artigo deve ser novamente submetido à Editora: os trechos alterados devem ser realçados por cor ou sublinhados; essa nova versão será enviada em arquivo eletrônico, novamente; (e) eventuais ilustrações devem ser encaminhadas separadamente, em seus respectivos arquivos eletrônicos em suas extensões originais; caso a Editora considere necessário; (f) antes da impressão, os autores recebem versão final do texto para análise.

 

7. Uma vez aceito o artigo, cabe à revista a exclusividade em sua publicação.

 

8.   Os artigos podem sofrer alterações editoriais não substanciais (reparagrafações, correções gramaticais, adequações estilísticas e editoriais).

 

9. Não há remuneração pelos trabalhos.

ESTRUTURA

10.Elementos do artigo:

a)   Identificação

    título (e subtítulo, se for o caso), em português e inglês: conciso, contento o máximo de 80 toques e indicando claramente o conteúdo do texto.

• Nome dos autores, titulação, área acadêmica em que atuam e e-mail. (dados cadastrados no Portal, porém omitidos no arquivo de submissão do artigo).

    subvenção: menção de apoio e financiamento eventualmente recebidos.

    agradecimento, se absolutamente indispensável.

 

b)   Resumo e palavras-chave

    Resumo indicativo e informativo, em português (intitulado resumo) e inglês (denominado abstract), com no mínimo 1.000 ou máximo 1400 toques.

    Para fins de indexação, os autores devem indicar as palavras-chave (mínimo de três e máximo de seis) do artigo, em português (palavras-chave) e inglês (keywords).

     

c)   Texto

      O texto pode ser escrito em português, inglês ou espanhol. Contudo, a critério da Comissão Editorial, poderão ser aceitos trabalhos escritos em outros idiomas.

      O artigo deve estar subdividido em: introdução, desenvolvimento, conclusão e referências. Cabe aos autores criar os intertítulos para o seu trabalho: em letras maiúsculas e sem numeração. No caso de Relatos, podem ter as seguintes seções: introdução, metodologia (ou materiais e métodos), resultados, discussões, conclusões, notas e referências.

      No caso de Resenhas, o texto deve conter todas as informações para identificação do livro comentado (autor; título, tradutor, se houver; edição, se não for a primeira; local; editora; ano; total de páginas; título original, se houver, ISBN). No caso de trabalhos acadêmicos (teses/dissertações, etc) segue-se o mesmo princípio, no que for aplicável, acrescido de informações sobre a instituição na qual tiver sido produzida.

      Uma revisão bibliográfica constitui o resultado de levantamento crítico de um tema, a partir da bibliografia atual e representativa da comunidade brasileira e internacional.

   Os trabalhos devem ser digitados no editor de texto Word, em espaço 1,5, corpo 12, fonte Times New Roman, com páginas numeradas.

      As ilustrações (tabelas, gráficos, desenhos, mapas e fotografias) necessárias à compreensão do texto devem ser numeradas sequencialmente com algarismos arábicos e apresentadas de modo a garantir uma boa qualidade de impressão. Precisam ter título conciso, grafados em letras minúsculas. (a) tabelas: editadas em Word ou Excel, com formatação necessariamente de acordo com as dimensões da revista. Devem vir inseridas nos pontos exatos de suas apresentações ao longo do texto; não podem ser muito grandes e nem ter fios verticais para separar colunas; (b) fotografias: com bom contraste e foco nítido, sendo fornecidas em arquivos em extensão “tif” ou “gif”; (c) gráficos e desenhos: incluídos nos locais exatos do texto. No caso de indicação para publicação, essas ilustrações precisarão ser enviadas em separado, necessariamente em arquivos de seus programas originais (p. ex., em Excel, CorelDraw, PhotoShop, PaintBrush etc.). As convenções das figuras, mapas e ilustrações precisam aparecer em sua área interna.

 

d)   Documentação

Notas explicativas: serão dispostas no rodapé, remetidas por números sobrescritos no corpo do texto.[1] desenhos, mapas e fotografias).

   Citação com até três linhas: deve vir no bojo do parágrafo, destacada por aspas (sem itálico), após as quais um número sobrescrito remeterá à nota de rodapé com as indicações do sobrenome do autor, ano da publicação e página em que se encontra a citação.[2]

   Citação igual ou maior a quatro linhas: destacada em parágrafo próprio com recuo de quatro centímetros da margem esquerda do texto (sem aspas) e separado dos parágrafos anterior e posterior por uma linha a mais. Ao fim da citação, um número sobrescrito remeterá à nota de rodapé, indicando o sobrenome do autor, ano da publicação e a página em que se encontra esta citação.[3] Subseqüentes citações da mesma obra devem ser referenciadas abreviadamente, utilizando-se expressões latinas.[4] Se, repetido o autor, mas com outra obra, utiliza-se “idem”.[5]

   Os demais complementos (nome completo do autor, nome da obra, cidade, editora, ano de publicação etc.) constarão das Referências, ao fim de cada artigo, seguindo o padrão abaixo.

   A lista de fontes (livros, artigos etc.) que compõe as Referências deve aparecer no fim do artigo, em ordem alfabética pelo sobrenome do autor e sem numeração, aplicando-se o seguinte padrão:

Livros

SOBRENOME, N.A. (pré-nomes do autor abreviados, sem espaçamento entre eles; até três autores: separar por “;”, mais de três: registrar o primeiro deles seguido da expressão “et al.”). Título: subtítulo. Número da edição. Cidade: Editora, ano completo, volume. Ex.:

ROMANO, G. “Imagens da juventude”. In: LEVI, K. (org.). História dos Jovens. São Paulo: Atlas, 1996.

EHRLICH, E. [1913]. Grundlegung der Soziologie des Rechts. 4. ed. Berlim: Duncker & Humblot, 1989.

GARCIA, E.E.C. et al. Embalagens Plásticas: propriedades de barreira. Campinas: CETES/ITAL, 1984.

RAMOS-DE-OLIVEIRA, N.; ZUIN, A.A.S.; PUCCI, B. (orgs.) Teoria Crítica, Estética e Educação. Piracicaba/Campinas: Editora Unimep/Editora Autores Associados, 2001.

 

    Sobrenomes cuja forma composta é a mais conhecida e sobrenomes espanhóis. Ex.: MACHADO DE ASSIS, J.M.; EÇA DE QUEIROZ, J.M.; GARCÍA MÁRQUEZ, G.; RODRÍGUEZ LARA, J.

    Mais de uma citação de um mesmo autor: após a primeira citação completa, introduzir a nova obra da seguinte forma:

______. Empregabilidade e Educação. São Paulo: Educ, 1997.

    Obras sem autor definido:

Manual Geral de Redação. Folha de S.Paulo, 2. ed. São Paulo, 1987.

  Autor citado em sua obra de outro autor: apud (citado por)

Ex.: SOUSA apud MARTINS, 1990, p. 215.

 

Periódicos

NOME DO PERIÓDICO. Cidade: Órgão publicador. Entidade de apoio (se houver). Data. Ex.:

REFLEXÃO. Campinas: Instituto de Filosofia e Teologia. PUC, 1975.

 

                No todo:

TÍTULO DO PERIÓDICO. Local de Publicação (cidade): Editora, volume, número, mês e ano

VEJA.São Paulo: Editora Abril, v. 31, n. 1, jan. 1998.

                Artigos de revista:

AUTOR DO ARTIGO.[6] “Título do artigo”. Título da revista (abreviado ou não), local de publicação, número do volume, número do fascículo, páginas inicial-final, mês** e ano.

ESPOSITO, I. et al. “Repercussões da fadiga psíquica no trabalho e na empresa”. Revista Brasileira de Saúde, São Paulo, v. 8, n. 32, p. 37-45, out.-dez. 1979.

                Artigos de jornal:

AUTOR DO ARTIGO.* “Título do artigo”. Título do jornal, local de publicação, dia, mês** e ano. Número ou título do caderno, seção ou suplemento e página inicial e final do artigo.

OLIVEIRA, W.P. de. “Judô: educação física e moral”. O Estado de Minas, Belo Horizonte, 17 mar. 1981. Caderno de esporte, p. 7.

Dissertações e Teses

AUTOR. Título: subtítulo. Ano de apresentação. Número de folhas ou volumes. Categoria (Grau e área de concentração). Instituição, local.

RODRIGUES, M. V. “Qualidade de vida no trabalho”. 1989. 180f. Dissertação (Mestrado em Administração). Faculdade de Ciências Econômicas, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte.

Fontes eletrônicas

A documentação de arquivos virtuais deve conter as seguintes informações, quando disponíveis:

·sobrenome e nome do autor;

·título completo do documento (entre aspas);

·título do trabalho no qual está inserido (em itálico);

·data (dia, mês e/ou ano) da disponibilização ou da última atualização;

·endereço eletrônico (url) completo. Disponível em: (entre parênteses angulares: <    >);

·data de Acesso em: .

Exemplos:

Site genérico

LANCASHIRE, I. Home page. 13 set. 1998. Disponível em: . Acesso em: 10 dez. 1998.

Artigo de origem impressa

COSTA, F. Há 30 anos, o mergulho nas trevas do ai-5. O Globo, 6 dez. 1998. Disponível em: . Acesso em: 6 dez. 1998.

Dados/textos retirados de cd-rom

ENCICLOPÉDIA ENCARTA 99. São Paulo: Microsoft, 1999. Verbete “Abolicionistas”. CD-rom.

Artigo de origem eletrônica

CRUZ, U.B. “The Cranberries: discography”. The Cranberries: images. Fev./1997. Disponível em: . Acesso em: 12 jul. 1997.

OITICICA FILHO, F. “Fotojornalismo, ilustração e retórica”. Disponível em: . Acesso em: 6 dez. 1998.

Livro de origem impressa

LOCKE, J. A Letter Concerning Toleration. Translated by William Popple. 1689. Disponível em: .

Livro de origem eletrônica

GUAY, T. A Brief Look at McLuhan’s Theories. Web Publishing Paradigms. Disponível em: . Acesso em: 10 dez. 1998.

KRISTOL, I. Keeping Up With Ourselves. 30 jun./ 996. Disponível em: . Acesso em: 7 ago. 1998.

Verbete

ZIEGER, H.E. “Aldehyde”. The Software Toolworks Multimedia Encyclopedia. Vers. 1.5. Software Toolworks. Boston: Grolier, 1992.

“Fresco”. Britannica Online. Vers. 97.1.1. Mar./1997. Encyclopaedia Britannica. 29 mar. 1997. Disponível em: <http://www. eb.com:180.>

E-mail

BARTSCH, R. Disponível em: “Normas técnicas ABNT - Internet”. Acesso em: 13 nov. 1998. Comunicação pessoal.

Comunicação sincrônica (moos, muds, irc etc.)

ARAÚJO, C.S. Participação em chat no IRC #Pelotas. Disponível em: . Acesso em: 2 set. 1997.

Lista de discussão

SEABROOK, R.H.C. “Community and Progress”. 22 jan. 1994. Disponível em: . Acesso em: 22 jan. 1994.

FTP (File Transfer Protocol)

BRUCKMAN, A. “Approaches to Managing Deviant Behavior in Virtual Communities”. Disponível em: . Acesso em: 4 dez. 1994.

Telnet

GOMES, L. “Xerox’s On-Line Neighborhood: A Great Place to Visit”. Mercury News. 3 maio 1992. telnet lamba.parc.xerox.com 8888, @go #50827, press 13. Acesso em: 5/dez./1994.

Newsgroup (Usenet)

SLADE, R. “UNIX Made Easy”. 26/mar./1996. . Acesso em: 31 mar.1996.

 



[1] Essa numeração será disposta após a pontuação, quando esta ocorrer, sem que se deixe espaço entre ela e o número sobrescrito da nota. Como o empregado nas Referências Bibliográficas, nas notas de rodapé o SOBRENOME dos autores que tenham sido citados deve ser grafado em maiúscula, seguido do ano da publicação da obra correspondente a esta citação. Ex.: CASTRO, 1989.

[2] FARACO; GIL, 1997, p. 74-75.

[3] FARIA, 1996, p. 102.

[4] Ibid., p. 102.

[5] Idem, 2000, p. 117.

[6] Em caso de autoria desconhecida, a entrada é feita pelo título do artigo, colocando-se a primeira palavra toda em caixa maiúsculo.

** Os meses devem ser abreviados de acordo com o idioma da publicação. Quando não houver seção, caderno ou parte, a paginação do artigo precede a data.

 

Indexadores / Indexers

Biblioteke Virtual (BD) - http://www.bibliotekevirtual.org/

Diadorim (DR) - http://diadorim.ibict.br/handle/1/1436