O discurso pedagógico contemporâneo: restrições, proibições e exaltações

Kamila Lockmann

Resumo


Este trabalho tem como objetivo analisar as práticas pedagógicas desenvolvidas pelos professores na contemporaneidade. Para isso, analisam-se discursos coletados em entrevistas semiestruturadas com professoras da Rede Municipal de Novo Hamburgo/RS. Esta pesquisa apoia-se nos estudos foucaultianos e compreende os discursos analisados como pertencentes a uma ordem discursiva mais ampla que controla, regula e ordena as práticas docentes na atualidade. Dessa forma, construíram-se duas unidades analíticas: a centralização do aluno no processo educativo e a descentralização do professor. Este texto pretende mostrar como esses discursos foram constituídos historicamente e passaram a compor a agenda pedagógica a partir de um jogo discursivo que legitimou determinados enunciados e, com isso, produziu alguns deslocamentos nos discursos acerca do papel da escola, do professor, da organização do currículo escolar, etc. Tal exercício tem a intenção de desnaturalizar alguns enunciados que se constituem como imperativos que reforçam e potencializam algumas máximas do discurso pedagógico contemporâneo.


Palavras-chave


discursos pedagógicos, docência, estudos foucaultianos.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15600/2238-121X/comunicacoes.v22n1p27-40

Programa da Pós Graduação em Educação

 

    __________________________________________________________________________________________