Contextos inclusivos: um olhar sobre a prática docente

Simone Maria Alves de Lima, Carmem Lucia Artioli Rolim

Resumo


O presente estudo é resultado de uma pesquisa empírica que teve por objetivo conhecer a prática educacional dos professores de matemática no desempenho da atividade docente com alunos com necessidades educacionais especiais (NEE) do 6º ao 9º ano em salas de aula de ensino regular. A mesma foi realizada em três escolas públicas da rede municipal de Palmas no estado do Tocantins, no período de 2012 a 2014. Trata-se de uma pesquisa com abordagem qualitativa que teve como aporte metodológico a observação participante, como guia de análise a microgenética e como fundamentos o conceito de atividade de Leontiev (1978, 2012) e as proposições de ensino-aprendizagem e desenvolvimento proposto por Vygotsky (1997, 2012). Os resultados revelam que a atividade inclusiva no ensino regular carece de apoio pedagógico e os professores necessitam de formação. Nessa investigação lançamos o olhar sobre a prática pedagógica e a proposta de educação especial na perspectiva da educação inclusiva. Os resultados revelam que a atividade docente diferencia-se em instituições pertencentes ao mesmo sistema educacional, essas divergências se revelam nas atividades dos professores, nas articulações entre setores pedagógicos e em apoios.


Palavras-chave


Inclusão; Prática docente; Atividade.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15600/2238-121X/comunicacoes.v23n1p163-176

Programa da Pós Graduação em Educação

 

    __________________________________________________________________________________________