Metanálise qualitativa sobre a pesquisa-ação na formação de professores de ciências

Simone Mertins, Valderez Marina do Rosário Lima, Marcelo Prado Amaral-Rosa

Resumo


O objetivo é compreender o modo como os estudos que abordam o potencial formativo da pesquisa-ação, na formação de professores de Ciências, configuram metodologicamente a pesquisa-ação. A pesquisa é de abordagem qualitativa configurada como metanálise qualitativa. O corpus de análise envolveu a busca virtual de dez termos específicos, no Portal de Periódicos Capes e em revistas nacionais e internacionais indexadas pela Capes com Qualis de elevados extratos. Os textos foram selecionados após a leitura dos resumos e da seção de método. O corpus foi constituído por 11 seções de método entre os artigos selecionados conforme a temática. Os dados foram analisados por meio da Análise Textual Discursiva. Da análise, emergiram as três categorias: i) contextos das pesquisas; ii) possíveis ciclos de pesquisa-ação; e iii) análise dos dados. A principal conclusão indica que as pesquisas analisadas seguem de modo parcial os critérios de pesquisa-ação.


Palavras-chave


Formação de professores de Ciências; Pesquisa-ação; Metanálise qualitativa.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15600/2238-121X/comunicacoes.v28n3p39-53

Programa da Pós Graduação em Educação

 

    __________________________________________________________________________________________