Percepções relativas à valorização docente e plano de carreira: estudo de caso em dois municípios da região metropolitana de São Paulo

Priscila Toratti Daniele, Cristina Miyuki Hashizume

Resumo


O presente artigo tratará da percepção docente em relação ao plano de carreira no magistério público de dois municípios da Região Metropolitana de São Paulo. Tais percepções, em nosso entendimento, afetam diretamente a qualidade de vida e a atividade desempenhada pelo docente, envolvendo aspectos objetivos e subjetivos mais amplos. Nesse sentido, o objetivo deste artigo é: i) refletir sobre a percepção e os afetos do professor em relação à carreira e direitos docentes, a partir de parâmetros como: relação com o sindicato, saúde e relações interpessoais; ii) comparar os depoimentos dos docentes à legislação que regulamenta o plano de carreira de docentes da rede pública e dos municípios estudados; iii) Relacionar as condições de trabalho e carreira com a percepção sobre a atividade docente. Método: estudo documental dos estatutos e planos de carreira e remuneração (PCRs) municipais, além de entrevistas semiestruturadas com professores das cidades estudadas, aprovadas pelo Comitê de Ética em Pesquisa. Resultados: o corpus empírico foi analisado qualitativamente à luz das legislações nacionais e municipais, além de autores que discutem a valorização docente e qualidade de vida no trabalho. Os depoimentos explicitaram percepções sobre as práticas, contradições e equívocos, sinalizando a necessidade de mudanças e aprimoramentos nas políticas municipais através de controle social. O estudo foi relevante para a reflexão e conscientização de professores a respeito da importância do PCR, contribuindo, ainda, para a reflexão junto aos trabalhadores e sensibilização destes e de sua gestão em relação à saúde do corpo e da mente do professor, à qualidade de vida no trabalho e ao caráter motivacional de estatutos e PCR transparentes, estruturados e efetivos.

 


Palavras-chave


Estatuto e plano de carreira do magistério. Valorização docente. Políticas educacionais.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15600/2238-121X/comunicacoes.v28n3p247-262

Programa da Pós Graduação em Educação

 

    __________________________________________________________________________________________