Estudos sobre a apropriação e a percepção dos usuários da Praça Dante Alighieri em Caxias do Sul/RS

Lizia De Moraes De Zorzi

Resumo


A praça é um dos espaços urbanos mais significativos das cidades brasileiras. Este tipo de espaço, entretanto, vem sendo apropriado de modo diferente do consagrado. A Praça Dante Alighieri, em Caxias do Sul, sofreu com mudanças na apropriação diversas vezes ao longo da sua história. A mais rente dela ocorre desde a sua revitalização realizada no ano de 2004. Este estudo objetivou identificar a forma como se dá a apropriação da praça caxiense pelos usuários e a percepção destes sobre ela. A metodologia adotada para tal baseou-se em observações do tipo participante e entrevistas in loco, além do estudo de literatura sobre a evolução histórica da praça. Estes métodos permitiram conhecer a percepção dos usuários sobre a praça, as motivações para a apropriação do espaço por eles e ainda entender os fenômenos que levaram às mudanças no perfil dos frequentadores ao longo da história. Foi possível constatar, através das entrevistas, que a maioria dos usuários gosta da praça, principalmente em função dos elementos da natureza e da tranquilidade proporcionada por eles. Assim, mesmo com todas as mudanças sofridas, observa-se que a Praça Dante Alighieri continua servindo como centro de convergência da população urbana em busca de lazer, descanso e convívio social.


Palavras-chave


Praça; apropriação de espaços públicos; percepção do usuário.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15600/2236-9767/impulso.v25n63p131-143

ISSN Eletrônico: 2236-9767