O entrelaçamento entre arte, cinema e subjetividade: possibilidades, impasses e desafios na Teoria Crítica - DOI: http://dx.doi.org/10.15600/2236-9767/impulso.v25n62p107-119

Juliana de Castro Chaves

Resumo


Esse trabalho objetiva discutir algumas elaborações suscitadas pela pesquisa “Trabalho, Arte e Autonomia”, coordenada por mim, e ligada ao Núcleo de Estudos e Pesquisa em Psicologia, Educação e Cultura (NEPPEC), da Faculdade de Educação/UFG. Indagamos se há possibilidade do filme ser um produto cultural de não adaptação à reprodução da sociedade do capital. Se o filme pode ser constituído por elementos da arte, ou seja, se ele pode ser um produto cultural que forma sujeitos para o inconformismo. Este artigo estabelece interlocuções com Theodor Adorno e Herbert Marcuse, com questões advindas do processo da pesquisa e com diálogos com autores, educadores e cineastas que resultaram em desafios a serem enfrentados.


Palavras-chave


arte; cinema; teoria crítica;

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15600/2236-9767/impulso.v25n62p107-119

ISSN Eletrônico: 2236-9767