Como a literatura pode ser formativa? DOI: http://dx.doi.org/10.15600/2236-9767/impulso.v25n62p45-54

Douglas Garcia

Resumo


Que a literatura é importante para a formação é uma declaração geralmente bem aceita. Quando se pergunta pelos conceitos reguladores de literatura e de formação envolvidos, no entanto, as discussões frequentemente dão margem a desacordos fundamentais. Pretendo indicar que, quando se põe em questão o vínculo entre literatura e formação, se trata, a cada vez, de maneiras distintas de articular a relação entre o estético e o prático. A partir da atenção dada pela Teoria Crítica à dialética de razão em natureza, argumentarei a favor de uma potência formativa da literatura remetendo-a a criação histórica de sentidos alternativos de mundo nos planos subjetivo, natural e social.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15600/2236-9767/impulso.v25n62p45-54

ISSN Eletrônico: 2236-9767