Cultura, atuação profissional em educação física e as práticas corporais

Rogério Cruz Oliveira, Emerson Luís Velozo, Cinthia Lopes Silva

Resumo


Partindo do pressuposto que a atuação profissional em Educação Física é uma prática eminentemente cultural, o objetivo deste trabalho consistiu em analisar as contribuições de um referencial cultural para a atuação profissional em Educação Física relacionada às práticas corporais. Na área da Educação Física há uma diversidade de estudos de diferentes matrizes teórico-metodológicos que utilizam o termo cultura, denominados aqui como sendo um referencial cultural amplo. No entanto, os estudos antropológicos se mostram como uma referência fundamental no sentido de revisão da tradição da área, assim como possibilidade para minimizar preconceitos, o que denominamos de referencial cultural restrito, o qual será privilegiado neste trabalho. Nessa esteira, compreendeu-se que o referencial cultural contribui para a revisão da relação entre os seres humanos no contato com o conhecimento, assim como para a didática empregada nessa relação. Concluiu-se que o referencial cultural contribui para que a atuação profissional esteja em constante mutação, pois a cultura é mutável o tempo todo. 


Palavras-chave


Cultura; Educação Física; Práticas Corporais.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15600/2236-9767/impulso.v26n66p7-19

ISSN Eletrônico: 2236-9767