Materialismo e teologia em Adorno: sobre o judaísmo

Eduardo Guerreiro Brito Losso

Resumo


O artigo introduz o leitor no lado prático e teórico do materialismo do filósofo Theodor Adorno, apresentando suas fontes mais explícitas, para, em seguida, deter-se na leitura que o filósofo propõe do papel do judaísmo na história do esclarecimento. Ao observarmos sua simpatia pelo judaísmo e antipatia pelo cristianismo, procuramos, primeiramente, entender as causas deste tratamento diferenciado. Depois, refletimos sobre a importância que a retomada de uma transcendência negativa, baseada na proibição das imagens judaica, tomou no pensamento materialista adorniano

Palavras-chave


Materialismo; teologia negativa; judaismo

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15600/2236-9767/impulso.v22n53p7-24

ISSN Eletrônico: 2236-9767