Gerenciamento dos riscos assistenciais realizado por Enfermeiros em um Pronto Socorro

Amanda Gesiele Pereira Santos, Bruna Rodrigues Novi, Daniele Zuba Ramos, Priscila Karolline Rodrigues Cruz, Patrícia Alves Paiva, Carla Silvana de Oliveira e Silva, Luís Paulo Souza e Souza, Rosana Franciele Botelho Ruas

Resumo


Objetivo: relatar a experiência da realização do gerenciamento dos riscos assistenciais por enfermeiros de uma Unidade de Pronto Socorro de um Hospital de ensino. Métodos: estudo descritivo, do tipo relato de experiência, realizado em novembro de 2013, a partir de observações e análise dos processos do hospital. O Hospital escolhido se situa na cidade de Montes Claros, norte de Minas Gerais, Brasil. Resultados: Levantaram-se os riscos inerentes aos clientes, classificando-os quanto à gravidade e frequência. Os resultados encontrados demonstraram um número significativo de riscos assistenciais, emergindo a necessidade da aplicação de instrumentos de gestão. Assim, construiu-se a Matriz SWOT para conhecer os fatores internos e externos que influenciavam o clima organizacional e, consequentemente, o gerenciamento dos riscos. Conclusão: o estudo possibilitou identificar que o gerenciamento dos riscos assistenciais realizado pelos enfermeiros na Unidade em questão tem sido um desafio. Entretanto, ficaram evidenciados os benefícios do uso das ferramentas de qualidade e planejamento estratégico na melhoria do cuidado. 


Palavras-chave


Gerenciamento de segurança; Administração hospitalar; Dimensionamento de Pessoal; Equipe de enfermagem.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15600/2238-1244/sr.v17n45p79-88

ISSN Eletrônico: 2238-1244