Reabilitação cinesioterapêutica em um homem com artrite reumatoide

Bruna Knob, Matheus Santos Gomes Jorge, Fernanda Lorenzet Bresolin, Leticia Aparecida Bolzan, Dafne dos Santos Ribeiro, Caroline Zanin, Lia Mara Wibelinger

Resumo


A artrite reumatoide é uma doença reumática, que acomete preferencialmente mulheres e pode causar agravos musculoesqueléticos como dores articulares, diminuição do trofismo muscular e impacto na qualidade de vida dos indivíduos. O objetivo deste estudo foi verificar os efeitos da reabilitação cinesioterapêutica em um homem com artrite reumatoide. Trata-se de um relato de caso de um homem com artrite reumatoide, 49 anos, cuja queixa principal era as dores articulares diversas. O indivíduo realizou 26 sessões de fisioterapia, baseadas em cinesioterapia, com exercícios de mobilizações articulares, alongamentos musculares, fortalecimentos musculares, exercícios de transferência de peso, de equilíbrio e de marcha, terapia manual e crioterapia, onde utilizou-se recursos diversos. Após a intervenção fisioterapêutica, observou-se diminuição dos pontos dolorosos e da intensidade da dor, aumento do trofismo muscular dos braços e da coxa direita e melhora de cinco dos oito domínios da qualidade de vida do indivíduo estudado (limitação por aspectos emocionais, dor, saúde mental, capacidade funcional e a vitalidade, respectivamente). Concluiu-se que o plano cinesioterapêutico proposto foi benéfico para diminuição da dor, aumento do trofismo muscular e melhora da qualidade de vida de um homem com artrite reumatoide.


Palavras-chave


Artrite reumatoide; Dor; Sistema musculoesquelético; Qualidade de vida; Fisioterapia; Exercício

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15600/2238-1244/sr.v17n46p35-45

ISSN Eletrônico: 2238-1244