Melhora dos sintomas do climatério por meio da atividade física: uma revisão sistemática

Tatiana de Bem Fretta, Nycolle Martins Reis, Zenite Machado, Adriana Coutinho de Azevedo Guimarães

Resumo


Objetivo: Avaliar a qualidade de vida e a importância da atividade física na melhora dos sintomas do climatério nas mulheres entre 45 a 65 anos de idade. Métodos: Trata-se de uma revisão sistemática, cuja estratégia de busca utilizada em cada base de dados e biblioteca eletrônica PubMed/Medline, Lilacs e Scielo “menopause” OR “climacteric” AND “physical activity” AND “quality of life”, nos idiomas inglês, português e espanhol entre 2005 e 2015. Foram excluídos os estudos de monografias, teses, dissertações, resumos, revisões sistemáticas e artigos de opinião. Resultados: Foram encontrados 231 artigos, destes foram selecionados 8 artigos que se encaixaram nos critérios inclusão/exclusão. Os estudos analisados verificaram o efeito da atividade física na melhora dos sintomas do climatério e melhora da qualidade de vida. Conclusão: A atividade física influencia na melhora dos sintomas do climatério e melhoram a estabilidade psicológica e a autoestima, relacionados a qualidade de vida.  


Palavras-chave


Climatério, atividade física e qualidade de vida.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15600/2238-1244/sr.v17n46p67-78

ISSN Eletrônico: 2238-1244