Orientação Nutricional como Estratégia de Educação em Saúde

Bruna Barreto Silva dos Reis, Thiago Brasileiro de Vasconcelos

Resumo


O presente trabalho trata-se de um estudo que relatou a experiência prática de uma nutricionista integrada à Residência Integrada em Saúde pela Escola de Saúde Pública do Ceará (RIS-ESP/CE), na Ênfase Saúde da Família e Comunidade, no período de Janeiro de 2016 a Dezembro de 2016, de abordagem qualitativa, interpretativa através da descrição do planejamento, implantação e execução do Grupo Nutrição e Saúde. A orientação nutricional foi utilizada como ferramenta metodológica na produção de conhecimentos e ações da nutrição no âmbito da Estratégia de Saúde da Família, visando à promoção da saúde, prevenção e controle dos agravos nutricionais. Os sujeitos envolvidos na experiência foram idosos, adultos, adolescentes e crianças que apresentavam sobrepeso ou obesidade, diabetes, hipertensão, angústia, ansiedade, depressão, baixa autoestima, dentre outras demandas não habituais, no atendimento ambulatorial de duas unidades básicas de saúde localizadas no município de Maracanaú/CE. De maneira geral, percebeu-se grande eficácia da orientação nutricional centrado no paciente como um todo. Além disso, essa prática também promove o fortalecimento de vínculos, laços e gradativas mudanças. A escuta atenta e qualificada do usuário motiva o seu retorno, no qual a troca de aprendizado e de acolhimento é tão eficaz que promove mudanças significativas.

Palavras-chave


Planejamento Alimentar; Atenção Primária à Saúde

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15600/2238-1244/sr.v18n49p17-30

ISSN Eletrônico: 2238-1244