Acolhimento com classificação de risco em unidades de pronto atendimento: avaliação sob a ótica do enfermeiro

Mayzza Campina Rodrigues, Alyne Nunes Mota, Rebeca Eloy de Melo, Eduardo Espíndola Sousa, Fernando Rodrigues Peixoto Quaresma, Erika da Silva Maciel

Resumo


Objetivo: O objetivo do trabalho foi avaliar a percepção dos enfermeiros frente ao Acolhimento com Classificação de Risco implantado em Unidades de Pronto Atendimento. Método: Trata-se de um estudo descritivo com corte transversal e abordagem quantitativa. Para análise dos dados utilizou-se de estatística padrão e a classificação se deu conforme os escores preconizados na metodologia dos instrumentos. Resultados: Participaram do estudo 35 profissionais. As dimensões estrutura e resultados, foram classificadas como Regular, assim como Classificação Geral. Conclusão: Os resultados indicam que os serviços oferecidos demandam de ações para aprimoramento da Política Nacional de Humanização. A capacitação no acolhimento à demanda espontânea pode representar um caminho para melhoria das condições dos serviços ofertados

Palavras-chave


Serviços Médicos de Emergência; Triagem; Enfermeiro.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15600/2238-1244/sr.v19n51p101-107

ISSN Eletrônico: 2238-1244